Mineiro morre por hipotermia enquanto trabalhava na neve em Massachusetts

A morte aconteceu na madrugada de quinta-feira (17), quando uma tempestade despejou mais de 35 centímetros de neve no estado. Gilberto era de Governador Valadares e deixa uma filha de 9 anos

0
4371
Gilberto Santiago tinha 43 anos e morava nos EUA há menos de um ano (foto: Gofundme)
Gilberto Santiago tinha 43 anos e morava nos EUA há menos de um ano (foto: Gofundme)

Gilberto Santiago, 43, era mineiro de Governador Valadares, casado e pai de uma menina de nove anos. Ele havia se mudado para Marlboro, Massachusetts, há menos de um ano.  

A morte aconteceu durante a madrugada de quinta-feira (17), quando uma tempestade despejou mais de 35 centímetros de neve no estado.

Ele estava trabalhando de raspar neve quando teve uma hipotermia que é a diminuição instantânea da temperatura corporal, sendo normalmente causada pela exposição prolongada à temperaturas muito baixas.

A descrição da página do Gofundme criada para ajudar a família com as despesas funerárias diz que ele teve os “pulmões congelados”.

“O sonho do Gilberto era ter uma vida melhor para sua família aqui nos Estados Unidos. Ele trabalhava noite e dia para poder realizar esse sonho”, diz o texto da campanha online.

Até esta quinta-feira à noite, a meta de arrecadação era de $37 mil, que foi rapidamente atingida e atualizada para $50 mil.

“A esposa de Gilberto, Luma, não está na melhor posição financeira e precisamos nos certificar de que ela tenha o suficiente para cobrir os custos do funeral e sustentar a si mesma e a pequena Sofia por um tempo, pelo menos” informa Laura Castro, criadora da campanha.

Os familiares não informaram se ele estava sozinho ou se chegou a ser levado para o hospital antes de ter a morte declarada.

Para ajudar a família de Gilberto clique aqui