Ministério da Cultura divulga filmes brasileiros que tentam disputar o Oscar

‘João, o Maestro’, ‘Elis’ e ‘Glória e a Graça’, que estarão no Brazilian Film Festival de Miami, estão na lista

0
1716
A atriz Andreia Horta vive Elis no cinema (Foto: André e Carioba)
A atriz Andreia Horta vive Elis no cinema (Foto: André e Carioba)

DA REDAÇÃO – O Ministério da Cultura divulgou, no último dia 1º, os 23 longas metragens pré-selecionados para a definição do representante do Brasil na competição pelo Oscar de melhor filme estrangeiro em 2018. A escolha será feita por uma comissão de especialistas no dia 15 de setembro.

Entre eles estão algumas estreias recentes, como “O filme da minha vida” (Selton Mello), “Bingo – O rei das manhãs” (Daniel Rezende), “João – O Maestro” (Mauro Lima) e “Como nossos pais” (Laís Bodanzki) e “Elis”(Hugo Prata).  Há também títulos ainda inéditos em circuito comercial, mas que já foram exibidos em festivais, como “Vazante”, de Daniela Thomas, e produções que estrearão em breve, como o filme sobre a operação Lava-Jato “A lei é para todos”. 

Presidida pelo distribuidor Jorge Peregrino, a comissão conta com os seguintes integrantes: David Schurmann (diretor de ‘O pequeno segredo’, indicado pelo Brasil no ano passado), Iafa Britz (produtora), João Daniel Tikhomiroff (diretor), Doc Comparato (roteirista), Miguel Faria Jr. (diretor) e Paulo Roberto Mendonça (diretor do Canal Brasil).

Brazilian Film Festival 2017

A esperada noite de abertura do BRAFF será realizada no SoundScape Park (400 17th St, Miami Beach, FL 33139 ) no dia 16 de setembro, com a exibição de “João, o Maestro”, do diretor Mauro Lima.

Entre os dias 17 a 19 de setembro será a vez Mostras Paralelas ocuparem o adorável Savor Cinema (antigo Cinema Paradiso) em Fort Lauderdale (503 SE 6th St, Fort Lauderdale, FL 33301), que apresentará, entre outros filmes, a comédia campeã de bilheteria no Brasil “Minha Mãe é Uma Peça 2”, de Cesar Rodrigues, “Menina Indigo” de Wagner Assis e “Por Trás do Céu”, de Caio Sóh. Já o Miami Beach Cinematheque (1130 Washington Ave, Miami Beach, FL 33139) vai exibir pela primeira vez uma mostra dedicada a filmes latino-americanos. A mostra se encerra com a exibição do documentário “Cinema Novo”, de Erik Rocha, vencedor do prêmio L’Oeil d’Or, no Festival de Cannes.

De 20 a 23 de setembro é a vez da Mostra Competitiva apresentar o melhor da mais recente produção audiovisual brasileira. Realizada este ano no Regal South Beach 18 & IMAX, na Lincoln Road, exibirá títulos como “Real, o Plano por trás da História”, de Rodrigo Bittencourt, “Pequeno Segredo” de David Schurmann, “A Comédia Divina” de Toni Venturi, “A Glória e a Graça”, de Flavio Tambellini, “Fala Comigo”, de Felipe Sholl, vencedor dos prêmios de melhor filme e atriz no Festival do Rio, “De onde te vejo”, de Luiz Villaça, um dos últimos trabalhos do ator Domingos Montagner e “BR 716”, de Domingos de Oliveira, vencedor dos prêmios de melhor filme, diretor, trilha sonora e atriz coadjuvante, no Festival de Gramado.

O festival promete movimentar a cidade com a presença atores, diretores, produtores, roteiristas e, claro, do público, nesta que é a festa mais tradicional do cinema brasileiro em Miami. Mais informações: www.brazilianfilmfestival.com.