Modelo brasileira morre em ataque com mísseis russos na Ucrânia

Envolvida em missões humanitárias, ela já havia lutado também no Iraque

0
1652
Thalita era modelo e tinha 39 anos (Foto: Youtube)
Thalita era modelo e tinha 39 anos (Foto: Youtube)

A modelo paulista Thalita do Valle, 39 anos, morreu em um ataque com mísseis russos na região de Kharkiv, na Ucrânia, no dia 30 de junho. Na ocasião também morreu Douglas Burigo, ex-soldado brasileiro que teria voltado ao bunker para encontrá-la. As mortes ocorreram durante uma missão para resgatar ucranianos de uma vila que havia sido desocupada por tropas russas.

“Ela era uma heroína e sua vocação era salvar vidas, correndo atrás de missões humanitárias”, contou seu irmão, Theo Rodrigo Viera, em entrevista ao UOL. Ela ela se juntou às forças curdas Peshmerga, no Iraque, há três anos, onde treinou como franco-atiradora.

Thalita trabalhava como socorrista, mas também dava cobertura para o avanço das tropas. Ela documentou suas experiências em zonas de guerra no YouTube e nas mídias sociais, incluindo so período que lutou contra o Estado Islâmico no Iraque. Ultimamente escrevia um livro sobre suas experiências.

Theo falou pela última vez com a irmã em 27 de junho, logo depois que se mudou para Kharkiv. Ela já havia estado na capital, Kyiv, quando a cidade foi bombardeada.

“Quando falamos ao telefone, eu queria saber tudo.  Mas ela disse que não podia falar muito, porque as atividades do celular estavam sendo monitoradas por drones russos. Ela ligou apenas para nos dizer que estava bem”, lembrou.

A brasileira foi atriz mirim e trabalhou como modelo após completar 18 anos. Estudou Direito e atuou em ONGs para defender os direitos dos animais.