Moradora do Sul da Flórida é acusada de se passar por agente da imigração para extorquir imigrantes

Segundo a polícia, a acusada frequentava cultos religiosos para oferecer seus falsos serviços

0
1897

Uma moradora de Hialeah, em Miami-Dade, foi presa acusada de se passar por agente federal de imigração com objetivo de tirar dinheiro de imigrantes.

Segundo os investigadores, Isabel Robaina participava de cultos religiosos onde oferecia seus falsos serviços a imigrantes indocumentados. Bem-vestida, a falsa agente dizia que legalizaria essas pessoas, já que “trabalhava na imigração e era supervisora do escritório da imigração do Sul da Flórida”.

“Ela prometia ajudar as vítimas, que não suspeitavam de nada. Ela dizia que ia legalizá-los e até mesmo conseguir a cidadania americana para essas pessoas”, disse um investigador à CBS.

A polícia descobriu fraudes no total de $15 mil, mas acredita que há outras vítimas. A acusada tem passagens pela polícia por fazer pagamentos com cheque sem fundos e por crueldade infantil.