Moradores da Flórida fazem filas para comprar munições temendo restrições de Biden

Medo de que o governo Democrata altere a segunda emenda à Constituição que garante o direito de portar armas e munições provoca corrida aos estabelecimentos que vendem esses produtos

0
548
Compradores fazem fila em frente à Sports + Outdoors, em Lake Mary, na Flórida Central (foto: Reprodução Fox 35)
Compradores fazem fila em frente à Sports + Outdoors, em Lake Mary, na Flórida Central (foto: Reprodução Fox 35)

As portas da loja de armas e munições Sports + Outdoors, em Lake Mary, na Flórida Central, abre regularmente às 9 a.m., mas ainda na madrugada desta segunda-feira (18), uma longa fila de pessoas se alinhava em frente ao estabelecimento.

Quando a FOX 35 News perguntou a vários membros da fila o que eles estavam esperando, as respostas foram unânimes: “comprar munições”.  

Muitos expressaram medo de que o governo Biden altere a segunda emenda à Constituição dos EUA que garante o direito ao porte de arma por parte da população.

“Acho que todos nós acreditamos que Biden vai tirar isso de nós também”, disse David Godkin, que estava no local.

Ele relatou que a Sports + Outdoors era a terceira loja que visitava em um período de dois dias, e que está “realmente difícil encontrar munição, especialmente 9 mm”.

“As lojas em todo o país estão esgotadas”, disse. Diante da alta demanda, a loja em Lake Mary colocou um limite de três caixas de munição por cliente, para garantir que mais pessoas sejam atendidas.

Do outro lado do estado, na Volusia Top Gun, em Daytona Beach, a história é semelhante.  Quando os funcionários chegaram para trabalhar nesta segunda pela manhã, se depararam com cerca de 60 pessoas acampadas enquanto aguardavam a abertura da loja.

A Volusia Top Gun é uma das maiores lojas do ramo na Flórida e, segundo o proprietário Ron Perkinson, costuma ter o estoque sempre abastecido, mas neste momento as prateleiras estão vazias.

 Perkinson acrescentou que, desde a chegada da pandemia, as vendas aumentaram 100% e todos os dias parecem uma “Black Friday”, com grupos de pessoas entrando no local “ávidas para comprar armas e munições”.

“Quando Trump mencionou uma transferência pacífica de poder, seja lá o que foi exatamente que ele disse, parece que foi ainda mais louco”, disse.

Ele estimou que seu negócio cresceu mais de 100% devido à alta demanda pelos produtos. “Os fornecedores aumentaram seus preços e eu tive que aumentar também”, mencionou.

Uma pequena caixa de munição de 9 mm, por exemplo, que estava sendo vendida por $ 14 há poucos meses, agora custa $37,99 e está esgotada.

“Eu poderia ter feito 300% a mais se tivesse no estoque”, explicou Perkinson, “mas já compraram tudo”, finalizou.