Morre brasileiro que atirou na esposa por ciúmes em Boynton Beach, afirma polícia

Tereza Cristina ainda está em estado grave, mas reage bem ao tratamento, segundo os médicos

0
3350
Tereza-Cristina-ainda está internada-em-estado-grave-(Foto-Reprodução-Facebook)

O brasileiro Rodrigo Oliveira, de 44 anos, morreu na tarde de domingo (22) em consequência dos ferimentos sofridos por um tiro que ele deu na própria boca, depois de tentar matar a esposa Tereza Cristina na semana passada em Boynton Beach. A morte de Rodrigo foi confirmada pelo Palm Beach Sheriff’s Office na segunda-feira (23).

Tereza ainda está internada no Delray Medical Center em Delray Beach. De acordo com uma amiga próxima em entrevista ao AcheiUSA, a bala passou de raspão na cabeça e atingiu o ombro de Tereza. Fragmentos atingiram o cérebro da brasileira e, por esta razão, ela está em coma induzido e reagindo bem ao tratamento, segundo os médicos.

“A notícia que eu tenho é que o estado de saúde dela continua grave e os médicos vão mantê-la em coma induzido para ajudar no processo de cura do cérebro, porém ela tem respondido bem aos estímulos externos. Tereza pode mexer os braços e as pernas. O que é um milagre!”, disse a fonte, que prefere não ser identificada.

Segundo o jornal Palm Beach Post, no dia do crime, Tereza estava deitada por volta de 6 da manhã, quando Rodrigo atirou na esposa, foi até o outro quarto e atirou em si mesmo. Uma amiga vítima disse que no dia anterior a brasileira tinha ido até o Palm Beach County Courthouse registrar um restraining order contra Rodrigo.

Amigos criaram uma página no GoFundMe para angariar recursos para o tratamento e para os dois filhos do casal. Até o momento, $14.966 foram arrecadados de uma meta de $50 mil. Quem quiser ajudar acesse este link.