Esportes

Morte de Pelé domina as manchetes internacionais

Pelé na capa do jornal britânico The Guardian. Foto: Reprodução

Com um legado histórico no esporte, reconhecido como o maior atleta de todos os tempos, a morte de Pelé ganhou as manchetes dos principais jornais internacionais nesta quinta-feira (29). Com o título mundial de “Rei do Futebol”, Edson Arantes do Nascimento foi celebrado por personalidades importantes como a Rainha Elizabeth II, que também faleceu em 2022. Em 1968, a monarca foi ao Brasil prestigiar o jogador em uma partida no Maracanã. Não muito tempo depois, ele foi condecorado com a Ordem do Império Britânico, a mais alta honraria do país.

O brasileiro também se encontrou com três papas: Paulo VI, João Paulo II e Bento XVI. Em uma publicação oficial do Vaticano, Papa Francisco presta homenagem ao Rei em uma foto segurando a camisa da seleção brasileira assinada pelo jogador. Francisco e Pelé não chegarem a se encontrar pessoalmente.

Pelé também tem registros com diversos presidentes e chefes de estado, incluindo os democratas Barack Obama e Joe Biden. Ambos homenagearam o brasileiro em suas redes sociais ontem, destacando a importância do craque para o esporte mundial.

Os jornais The New York Times, The Wall Street Journal, The Los Angeles Times e The Washington Post também dedicaram manchetes ao atleta. Na Itália, Espanha, Portugal e outros países a notícia também dominou as manchetes. Confira algumas publicações que homenagearam o eterno camisa 10 da Seleção Brasileira: