Mulher é atacada por jacaré em Bradenton

Vítima foi transportada ao hospital para ser tratada por seus ferimentos e a extensão de seus ferimentos ainda é desconhecida

0
797
Um caçador de jacarés foi enviado ao local e removeu um jacaré de 7'10' (Foto: wfla.com)
Um caçador de jacarés foi enviado ao local e removeu um jacaré de 7'10' (Foto: wfla.com)

Uma mulher de 77 anos foi atacada por um jacaré na tarde de sábado (3). Alguém fez uma ligação por volta das 6:00 pm para avisar sobre o incidente. A Comissão de Conservação de Peixes e Vida Selvagem da Flórida (FWC), o Gabinete do xerife do condado de Manatee e o EMS do condado de Manatee responderam à chamada.

De acordo com um relatório da FWC, a mulher foi transportada ao hospital para ser tratada por seus ferimentos e a extensão de seus ferimentos ainda é desconhecida. O incidente aconteceu em um  condomínio fechado na 16832 Ellsworth Avenue. Um caçador de jacarés foi enviado ao local e removeu um jacaré de 7’10’. A FWC informou que nenhum outro jacaré foi encontrado na área.

Justin Matthews, proprietário do Matthews Wildlife Rescue, disse que um jacaré desse tamanho geralmente pesa cerca de 300 libras e tem um grande poder de mandíbula. Ele disse que a mulher tem sorte de estar viva e o incidente provavelmente aconteceu porque alguém alimentou o jacaré.

“A maneira de saber se um jacaré foi alimentado por uma pessoa é se você estiver andando e ver um na lagoa, mova seu braço em um movimento de arremesso e, se o jacaré começar a se mover em sua direção, é hora de ligar para a Comissão de Vida Selvagem da Flórida”, disse Matheus.

Matthews disse que os jacarés, na maioria das vezes, não prestam atenção nas pessoas que passam, a menos que tenham sido alimentados.

O FWC disse estar confiante de que o jacaré responsável pelo ataque foi removido, de acordo com seu relatório.