Mulher é acusada de se passar por advogada de imigração em Tampa e Chicago

Erika Paola Intriago, de 44 anos, lesou diversos clientes que a contrataram para dar entrada em processos, que ela nunca deu entrada

0
2614
U.S. Citizenship and Immigration Services (USCIS)
U.S. Citizenship and Immigration Services (USCIS)

Agentes do Homeland Security Investigations (HSI) estão procurando por novas vítimas da falsa advogada de imigração Erika Paola Intriago, de 44 anos, de Tampa (FL), que está sendo acusada de não trabalhar sem licença e é acusada de lesar diversos clientes na região e também em Chicago (IL).

Segundo informações do U.S. Immigration and Customs Enforcement (ICE), Erika fazia propagandas em redes sociais oferecendo seus serviços de advogada e tinha como alvo a comunidade hispânica. Os clientes a contratavam para entrar com processos imigratórios, o que nunca aconteceu.

A falsa advogada é acusada ainda de ameaçar seus clientes de entregá-los à Imigração, quando alguém reclamava que os processos estavam demorando.

Se condenada, Erika pode pegar até 20 anos em prisão federal.

O ICE pede que qualquer pessoa que tenha sido lesada por ela, para entrar em contato pelo endereço eletrônico https://www.ice.gov/webform/hsi-tip-form.