Mulher Melão defende Trump após ser impedida de entrar nos EUA

“Quer o melhor para a América", disse Renata Frisson sobre o presidente americano; ela acredita que foi impedida de entrar porque não sabe falar inglês

0
7422
Mulher Melão
Mulher Melão

A funkeira Renata Frisson, a Mulher Melão, falou pela primeira vez sobre ter sido impedida de entrar nos Estados Unidos, na última quinta-feira (16), quando chegou ao Aeroporto de Miami. Em uma mensagem publicada em seu Instagram, ela disse que foi barrada por sua dificuldade de se comunicar em inglês. As informações são do portal UOL.

“Já cheguei no Brasil faz alguns dias e preferi me manter em silêncio para evitar que esse assunto se propagasse ainda mais. Porém os boatos foram surgindo e tomou um rumo no qual optei por postar esse esclarecimento com o intuito de acabar com qualquer especulação sobre o ocorrido. Realmente tive problema para entrar nos EUA devido a minha ineficiência em falar, ler e escrever em inglês, o que foi fato determinante para minha entrada no país”, explicou.

Melão esclareceu que não chegou a ser detida e ainda defendeu o presidente Donald Trump. “Fui muito bem tratada, em nenhum momento ofendida e muito menos detida. Respeito as leis de imigração e cada país tem o direito de determinar quem pode ou não entrar em seu território. Sei que o novo presidente Donald Trump tem sido muito criticado logo no início de sua gestão, mas é muito cedo pra dizer se ele está certo ou errado. Só sei que ele quer o melhor pra América e isso precisa ser respeitado. Mas não foi nada demais”.

Mulher Melão postou comunicado no Instagram sobre o ocorrido
Mulher Melão postou comunicado no Instagram sobre o ocorrido