Mulher que inventou sequestro do filho admite ter matado a criança

A polícia chegou a emitir um amber alert à procura do filho da mulher, que disse que um estranho havia levado o menino depois de oferecer carona

0
2122
Charisse admitiu ter matado o próprio filho
Charisse admitiu ter matado o próprio filho

Chegou ao fim a farsa de Charisse Stinson, de 21 anos, que admitiu ter matado o filho de dois anos, Jordan Beliveau, segundo informações da polícia de Largo (FL). No fim de semana, para acobertar o crime, Charisse chamou a polícia alegando que pegou carona com um estranho e que o homem teria levado o seu filho depois de dar um soco em seu rosto. A polícia chegou a emitir um amber alert¸ alerta geral dado quando uma criança é sequestrada.

A polícia moveu céus e terras para encontrar o menino e localizou o corpo de Jordan na tarde de terça-feira (4) em um matagal.

Charisse disse aos policiais que deu um tapa no rosto do menino na manhã de domingo e ele teve um ‘ferimento inexplicável’ e sofreu várias convulsões até morrer.

A polícia encontrou no corpo da criança ferimentos condizentes com o depoimento da mãe, que já estava sendo investigada por maus tratos.

“Nós sabíamos que ela estava por trás do desaparecimento de Jordan”, disse um tio do menino.