Multa para quem dirigir e mexer no celular entra em vigor na segunda-feira (1) na Flórida

Motoristas poderão ser parados por texting while driving, receber multa e pontos na habilitação

0
5536
Lei que pune com mais rigor motoristas ao celular entra em vigor no dia 1 de julho (Crédito US Air Force)
Lei que pune com mais rigor motoristas ao celular entra em vigor no dia 1 de julho (Crédito US Air Force)

Um aviso aos motoristas que têm o (mau) hábito de dirigir olhando e mexendo no celular na Flórida: a partir de segunda-feira (1), a polícia poderá te parar e emitir uma advertência, que a partir de janeiro, será transformada em multa e pontos na carteira de motorista.

O governador da Flórida Ron DeSantis sancionou em maio a lei que vai punir com mais rigor motoristas que insistirem em mexer ao celular enquanto dirigem. A Flórida se une a outros 43 estados americanos que já punem motoristas que, dessa forma, colocam em risco sua vida e de outras pessoas.

A lei que entra em vigor nesta segunda permite que a polícia pare o motorista infrator e aplique a advertência inicial. Os motoristas podem usar o telefone para enviar mensagens ou pesquisar no GPS quando o veículo estiver parado. Vale lembrar que em áreas de escolas e construção é expressamente proibido pegar no telefone.

Texting while driving já é ilegal na Flórida há muitos anos, mas polícia não podia parar o motorista por essa infração. No último ano, apenas 1.700 motoristas foram punidos por direção distraída.

A lei é de autoria das deputadas Jackie Toledo e Emily Slosberg. “Esta nova lei vai salvar muitas vidas nas rodovias”, disse a deputada Emily, do Partido Democrata de Boca Raton.

A primeira punição para esse tipo de infração será de $30, a segunda $60 e todas as despesas da Corte serão por conta do motorista.

 Motoristas distraídos

Em 2015, mais de 45 mil motoristas distraídos se envolveram em acidentes na Flórida, resultando em mais de 39 mil feridos e cerca de 200 mortes. Desses, 20 mil com menos de 30 anos. Os acidentes causados por distração do condutor representaram 12.2% das colisões no Estado, 7.4% dos acidentes fatais e 15,4% das colisões que tiveram pessoas feridas. “Dirigir sem prestar a atenção no que está fazendo é um comportamento muito arriscado que coloca a vida dos motoristas e dos passageiros em perigo, além de colocar em risco a vida de outras pessoas também. Se você está atento, você consegue reagir rapidamente a uma situação de perigo no trânsito e ajuda a salvar vidas”, ressalta o Departamento de Trânsito da Flórida.