Nasce uma estrela no Palmeiras (quase) campeão: o menino Endrick

0
771
O garoto Endrick surge como a maior promessa do futebol brasileiro depois de Neymar (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
O garoto Endrick surge como a maior promessa do futebol brasileiro depois de Neymar (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

A noite de terça-feira (25) que deixa o Palmeiras a um passo do título do Campeonato Brasileiro é também uma noite histórica do garoto Endrick, de 16 anos. A joia do Verdão foi responsável maior pela vitória de virada por 3 a 1 sobre o Athletico-PR, na Arena da Baixada, deixou o time de Abel Ferreira a uma vitória na próxima quarta-feira, 2 de novembro, feriado nacional, de conseguir se 11º título brasileiro. O Furacão, por sua vez, terá o maior jogo de sua história neste sábado (29), em Guayaquil, Equador, quando fará a partida final da Copa Libertadores da América contra o Flamengo. Pelo Brasileirão, o Athletico-PR volta a campo também no dia 2 de novembro, quando receberá o Goiás em Curitiba.

A sensação da partida, porém, Endrick. Mais novo a marcar pelo Palmeiras na história, ele mudou o jogo no segundo tempo, fez um gol, participou de outro, de Scarpa, e viu Gustavo Gómez fechar o placar – Matheus Felipe havia feito o gol do Athletico, que entrou com time reserva já de olho na final da Libertadores contra o Flamengo. 

A temporada que teve brilho de nomes como Raphael Veiga, Gustavo Scarpa, Rony, Dudu e Gustavo Gómez vai terminar para o Palmeiras com uma nova joia, cada vez mais real aos 16 anos. Endrick entrou de novo no segundo tempo e fez seu primeiro gol como profissional – quando o Palmeiras perdia por 1 a 0, fez a jogada do primeiro gol, marcou o segundo e bateu um recorde. O prodígio é o jogador mais jovem a balançar as redes pelo Verdão, com 16 anos e três meses.

Aliás, ele é o jogador mais novo a anotar um gol no Campeonato Brasileiro de pontos corridos. Ele ficou atrás apenas dos astros Pelé (Santos), que no dia 7 de setembro de 1956, marcou seu primeiro gol aos 15 anos, 10 meses e 14 dias; e de Maradona (Argentinos Juniors), que no 14 de novembro de 1976, marcou seu primeiro gol aos 16 anos e 15 dias. Em seguida, vem Endrick (Palmeiras), que no dia 25 de outubro de 2022, marcou seu primeiro gol aos 16 anos, 3 meses e 4 dias. Na sequência, vêm: Ângelo (Santos): 6 de abril de 2021, aos 16 anos, 3 meses e 16 dias; Jô (Corinthians): 24 de agosto de 2003, aos 16 anos, 5 meses e 4 dias; Reinaldo (Atlético-MG): 30 de janeiro de 1973, aos 16 anos e 19 dias; Ronaldo (Cruzeiro): 12 de setembro de 1993, aos 16 anos, 11 meses e 24 dias; Gabigol (Santos): 21 de agosto de 2013, aos 17 anos e 9 dias; Vitor Roque (Cruzeiro): 20 de fevereiro de 2022, aos 17 anos e 20 dias; Vini Jr. (Flamengo): 9 de agosto de 2017, aos 17 anos e 28 dias, e Neymar (Santos): 15 de março de 2009, aos 17 anos, 1 mês e 10 dias.

Para completar a fase mágica vivida pelo Palmeiras, a equipe feminina derrotou o América de Cali e jogará a final da Copa Libertadores da América na sexta-feira (28) contra o Boca Juniors da Argentina, no Estádio Casa Blanca, em Quito.

Flamengo viaja para o Equador com uma vitória na bagagem

Pedro, autor de um golaço contra o Santos, é esperança de gols na final da Libertadores (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)
Pedro, autor de um golaço contra o Santos, é esperança de gols na final da Libertadores (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

No seu último compromisso antes da final da Libertadores, o Flamengo venceu o Santos por 3 a 2 no Maracanã, com direito a bonitos gols e muita reclamação sobre arbitragem por parte do Peixe. Pedro, Marinho e Arrascaeta fizeram os gols do Fla, com Alex e Carabajal descontando para o time santista na partida válida pela 34ª rodada do Brasileirão. Quase 45 mil torcedores compareceram ao estádio.

O lance capital da partida, motivo de muita reclamação por parte do Santos, ocorreu nos acréscimos do primeiro tempo: um pênalti não marcado de Matheuzinho em cima de Camacho). O pênalti foi claro. O problema é que, logo na sequência, o Flamengo armou o ataque que terminou no gol de Pedro, o primeiro da partida. Marinho e Arrascaeta fizeram os outros gols do Flamengo, enquanto Alex e Carabajal anotaram para o Peixe.

Por causa do lance, em forma de protesto, os jogadores do Santos não concederam entrevista ao fim da partida, tampouco o técnico Orlando Ribeiro compareceu à coletiva. O clube publicou uma carta aberta em seu perfil nas redes sociais destinada a Ednaldo Rodriges, presidente da CBF, e Wilson Seneme, diretor de arbitragem. Na sequência, a CBF anunciou o afastamento dos envolvidos no lance: o árbitro de campo André Luiz de Freitas Castro e o árbitro de vídeo da partida, Adriano Milczvski.

As duas equipes voltam a campo pelo Brasileirão na quarta-feira (2) da semana que vem. Depois da decisão da Libertadores, o Santos visita o Atlético Goianiense, em Goiânia. e o Flamengo receberá o Corinthians no Maracanã.

Botafogo bate Red Bull Bragantino e entra na briga pela Libertadores

Jogadores do Botafogo comemoram o gol da vitória marcado por Tchê Tchê (Foto: Vitor Silva/Botafogo)
Jogadores do Botafogo comemoram o gol da vitória marcado por Tchê Tchê (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

O Botafogo dominou o Bragantino no primeiro tempo. O placar foi aberto aos 17 minutos, com Gabriel Pires. Sem ser ameaçado, o time de Luís Castro teve oportunidades para ampliar o placar, mas esbarrou em grande noite de Cleiton, o goleiro adversário.

O alto ritmo da primeira etapa não foi mantido no início da segunda, e o Bragantino aproveitou para envolver o Botafogo. Foi assim que, aos 16 minutos, Luan Cândido se valeu de falha de Adryelson e empatou a partida.

O gol esquentou o jogo novamente. Luís Castro chamou Patrick de Paula do banco para iniciar a jogada do gol da vitória alvinegra. O volante ergueu para a área com calma, encontrou Júnior Santos, que ajeitou para Tchê Tchê. O número 6 chutou forte e recolocou o Botafogo à frente do placar.

O Botafogo fica em oitavo, com 47 pontos. Para continuar na zona da pré-Libertadores, o time depende de resultados paralelos até a conclusão da 34ª rodada. O Bragantino, por sua vez, fica estacionado em 13º, com 41 pontos.

O Botafogo volta a campo na próxima terça-feira (1), também no Nilton Santos. O time de Luís Castro recebe o Cuiabá, enquanto o Bragantino vai a Florianópolis, onde pega o Avaí na quarta (2), na Ressacada.

Fluminense sobe para o quarto lugar

Argentino Cano, com 20 gols marcados, pode se tornar artilheiro do Brasileirão, feito inédito para um estrangeiro na era dos pontos corridos (Foto: Marcelo Gonçalves/Fluminense)
Argentino Cano, com 20 gols marcados, pode se tornar artilheiro do Brasileirão, feito inédito para um estrangeiro na era dos pontos corridos (Foto: Marcelo Gonçalves/Fluminense)

O Fluminense entrou no G-4 do Campeonato Brasileiro e tirou um rival direto de lá. A equipe de Fernando Diniz bateu o Corinthians por 2 a 0 na noite da quarta-feira (26), na Neo Química Arena, em jogo da 34ª rodada, e ultrapassou o adversário na tabela graças a dois gols de Germán Cano, melhor jogador em campo e artilheiro absoluto do Brasileirão – agora são 20 gols. Num confronto decisivo por vagas na Libertadores, o Flu foi melhor o tempo todo e não teve dificuldades, enquanto o Timão perdeu a cabeça em alguns momentos e foi superado em casa.

A vitória leva o Fluminense aos 58 pontos, em quarto lugar, com um a mais do que o Corinthians, que cai para quinto e permanece com 57 – o Timão tem um jogo a menos, a ser realizado contra o Goiás, sábado que vem.

O Corinthians volta a campo no próximo sábado (29) para enfrentar o Goiás, na Serrinha, em jogo atrasado da 32ª rodada do Brasileirão. Já o Fluminense só joga na segunda-feira, quando visita o Ceará, no Castelão, pela abertura da 35ª rodada. E o Timão enfrentará o Flamengo na quarta-feira (2) no Maracanã.

Internacional vence e adia título do Verdão

Inter garantiu vaga na Libertadores de 2023 com este gol de pênalti anotado por Alan Patrick na vitória sobre o Ceará (Foto: Ricardo Duarte /Internacional)
Inter garantiu vaga na Libertadores de 2023 com este gol de pênalti anotado por Alan Patrick na vitória sobre o Ceará (Foto: Ricardo Duarte /Internacional)

O Inter está confirmado na fase de grupos da Libertadores em 2023. Na chuvosa noite da quarta-feira (2), o Colorado saiu atrás, mas venceu o Ceará por 2 a 1 no Beira-Rio. O resultado ainda adiou o título do Palmeiras do Brasileirão. Os gaúchos saíram atrás do placar com o gol de pênalti de Lima logo aos cinco minutos de jogo. A etapa inicial foi dos visitantes, que só não ampliaram por causa das defesas de Keiller. No segundo tempo, os donos da casa cresceram de produção e construíram o placar. Edenilson deixou tudo igual aos 19 e Alan Patrick garantiu os três pontos, ao converter a penalidade aos 32. Para impedir que o Verdão seja campeão na próxima rodada, o Inter precisa vencer o América-MG fora de casa e os paulistas, no máximo, empatarem com o Fortaleza no Allianz Parque.

Com o resultado, o Inter soma 64 pontos e está em segundo lugar no Brasileirão. O Ceará tem 34 e ocupa o 16º. O Palmeiras segue no topo, com 74.

O Inter volta a campo no dia 2 de novembro, quando enfrenta o América-MG. A partida será disputada no Estádio Independência e o Ceará atua dois dias antes, quando recebe o Fluminense no Castelão.

Coelho mantém esperanças de entrar na Pré-Libertadores

Diogo marcou o gol de empate do Goiás nos acréscimos para manter o Goiás distante da Zona de Rebaixamento (Foto: Goiás Esporte Clube)
Diogo marcou o gol de empate do Goiás nos acréscimos para manter o Goiás distante da Zona de Rebaixamento (Foto: Goiás Esporte Clube)

O América-MG ficou duas vezes à frente no placar e esteve com a vitória nas mãos até os acréscimos, mas o Goiás reagiu e buscou empate por 2 a 2 em jogo com quatro gols no segundo tempo, em Goiânia, na quarta-feira (26). Aloísio, de pênalti, e Wellington Paulista marcaram para o Coelho; Vinícius e Diego igualaram para o Esmeraldino no estádio da Serrinha, em partida da 34ª rodada do Campeonato Brasileiro.

O Goiás chega a 42 pontos, no 13º lugar. O América-MG agora tem 46 e é 10º colocado. O Esmeraldino volta a campo no sábado (29) para enfrentar o Corinthians em jogo atrasado da 32ª rodada. Já o Coelho só atua de novo no dia 2 de novembro, contra o Internacional.

A rodada se completou com mais quatro jogos realizados na quinta-feira (27): São Paulo x Atlético-GO, Fortaleza x Coritiba, Atlético-MG x Juventude, e Cuaiabá x Avaí.