New York quer punir pedestres que atravessam a rua mexendo no celular

Levantamento mostra que o número de pedestres atropelados e mortos é o maior em três décadas nos EUA, chegando a 6.227 em 2018

0
1459
Projeto de lei quer punir pedestres distraídos (FOTO Conteúdo gratuito Creative Commons)
Projeto de lei quer punir pedestres distraídos (FOTO Conteúdo gratuito Creative Commons)

O Governors Highway Safety Association atribui à distração causada por aparelhos celulares ao aumento do número de pedestres atropelados e mortos nos Estados Unidos em 2018. Foram 6.227 mortes de pedestres, maior número em três décadas. Desse total, 75% das mortes aconteceu à noite e em 32% dos casos havia álcool relacionado.

Para mudar essa realidade na cidade e no Estado de New York, o senador John Liu apresentou um projeto de lei que vai cobrar multa de pedestres flagrados distraídos ao celular enquanto atravessam a rua.

“Às vezes só o fato de propor uma legislação lembra as pessoas de coisas de bom senso a fazer e coisas de bom senso a não fazer”, disse Liu. “A mera introdução deste projeto de lei já vai fazer as pessoas repensarem suas atitudes”, comentou o senador.

“É alarmante o número de pessoas andando e mexendo no celular ao mesmo tempo em New York. As pessoas precisam entender que é OK esperar cinco segundos para olhar para o celular enquanto atravessam a rua”.

A ideia é multar os infratores em $25 a $250. O texto da lê prevê a multa para quem estiver enviando mensagens, checando e-mails, vendo vídeos e rede sociais. A exceção é o uso do celular para emergências.

O projeto precisa ser aprovado por comitês do senado da área de transporte para seguir para votação.