Antonio Tozzi Esportes

Orlando Pride adquire Adriana, atacante da Seleção Brasileira

Atacante Adriana trocou o Corinthians pelo Orlando Pride e quer fazer história na MLS feminina

Time da Flórida, Orlando Pride, reforça seu ataque com a craque brasileira Adriana (Foto: Divulgação)
Time da Flórida, Orlando Pride, reforça seu ataque com a craque brasileira Adriana (Foto: Divulgação)

O Orlando Pride adquiriu Adriana Leal da Silva, mais conhecida como Adriana, vinda do Corinthians. Adriana se junta ao Pride em um contrato de três anos.

“A Adriana é uma jogadora empolgante, dinâmica, divertida e com faro de gol. Ela possui grande habilidade técnica e um ritmo de trabalho incrível, e estamos extremamente felizes em tê-la como parte do Pride”, disse Seb Hines, treinador do Orlando Pride. “É uma jogadora que prospera em situações de um contra um e trará um novo poder de ataque à nossa linha de frente. Adriana já é uma vencedora pelo clube e pelo país, mas ainda tem a ambição de levar sua carreira para o próximo nível, e estamos felizes em tê-la aqui em Orlando”.

“Estou muito feliz por ter assinado com o Orlando Pride, um clube especial. Estou feliz e ansiosa por chegar lá rápido e poder dar o meu melhor dentro de campo para ajudar o Orlando a conquistar títulos”, disse Adriana. “É um grande desafio pela frente e nós atletas somos motivadas por desafios. Estou pronta para enfrentar todos eles com todas as nossas forças como um time e lutar com unhas e dentes. Espero que seja uma temporada de muito sucesso para mim e para o Orlando. Mais uma vez, estou muito feliz por fazer parte deste grande clube.”

Apelidada de “Mágica”, Adriana passou as últimas cinco temporadas no Corinthians, com sua temporada de 2019 encurtada devido a uma lesão. Ao longo de sua carreira, Adriana fez 143 partidas, sendo 120 delas como titular, marcando 72 gols, a segunda maior da história do Corinthians.

Ao longo de sua carreira, Adriana e Corinthians conquistaram dez títulos: Campeonato Brasileiro em 2018, 2020, 2021 e 2022; Copa Libertadores em 2021; Campeonato Paulista em 2019, 2020 e 2021; além da Supercopa do Brasil e da Copa Paulista em 2022.

Em 2018, após marcar 26 gols em 37 jogos e levar seu time ao Campeonato Brasileiro, ela foi eleita o “Prêmio Craque do Brasileirão” – Jogadora do Ano – pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Adriana foi eleita para a Seleção do Ano da CBF em 2021 e 2022, os dois primeiros anos em que o prêmio foi concedido no futebol feminino. Antes de ingressar no Corinthians, Adriana passou 2013-15 no Tiradentes e 2016-17 no Rio Preto.

Adriana estreou pela seleção brasileira em 2017, marcando seu primeiro gol cinco dias após a estreia na seleção principal, na vitória sobre a China. A atacante foi nomeada para a lista do Brasil para a Copa do Mundo Feminina da FIFA 2019, mas acabou sendo substituída na lista devido a lesão.

Baixe nosso aplicativo