Palmeiras está a dez passos do paraíso

0
281
Jogadores palmeirenses comemoram o gol da vitória marcado por Murilo no Mineirão Crédito: Cesar Greco/SEP (Foto: Cesar Greco/SEP)
Jogadores palmeirenses comemoram o gol da vitória marcado por Murilo no Mineirão Crédito: Cesar Greco/SEP (Foto: Cesar Greco/SEP)

Restam dez rodadas para o final do Campeonato Brasileiro. Apesar de ainda haver 30 pontos em disputa, poucos torcedores acreditam que o Palmeiras não será campeão brasileiro de 2022, tornando-se o primeiro clube a conquistar 11 títulos do Brasileirão (sete na era do Campeonato Brasileiro – iniciado em 1971 – e quatro através da unificação de títulos anteriores).

Depois de ter enfrentado consecutivamente Corinthians, Flamengo e Fluminense no início do segundo turno e ter obtido uma vitória e dois empates contra o vice-líder circunstancial naqueles momentos, o Verdão passou por outra prova de fogo e se credenciou ainda mais para levantar a taça. Segundo os matemáticos, o Alviverde paulista tem 95.7% de ser campeão, contra 2.7%  de Fluminense, 1.3% do Internacional, 0.2% do Corinthians, e 0.093% do Flamengo, seus principais perseguidores.

A chamada prova de fogo ocorreu na quarta-feira (28) à noite no Mineirão, em Belo Horizonte, diante do Atlético-MG, time apontado como um dos favoritos a conquistar o Brasileirão, repetindo o feito do ano passado. Entretanto, o Galo está fazendo uma temporada decepcionante em 2022, tendo sido eliminado nas quartas de final da Copa do Brasil pelo Flamengo e nas quartas de final da Taça Libertadores da América pelo próprio Palmeiras. Atualmente, ocupa a 7ª colocação no Campeonato Brasileiro, e corre o risco de ficar de fora até mesmo da próxima edição da Libertadores.

Ressalte-se que a vitória do time paulista ganhou ares de heroísmo, pois o líder do certame foi a campo com uma série de desfalques, enquanto o adversário promoveu o retorno de vários titulares que estavam afastados por lesões, entre eles, Hulk, sua principal estrela.  O verdão superou a ausência de Abel Ferreira, suspenso, e de outros sete jogadores, e chegou a 13 jogos sem derrota no campeonato, sendo nove vitórias e quatro empates na competição. Como visitante, na atual edição do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras está invicto. Até o momento, são oito vitórias e seis empates, em 14 partidas atuando fora de casa. Uma campanha de respeito.

O jogo não foi fácil. O time do Atlético-MG saiu com tudo para cima da equipe visitante e criou boas situações para abrir o placar, evitadas pela falta de pontaria dos atacantes atleticanos, por duas bolas na trave de Keno e Hulk e por uma boa atuação de Marcelo Lomba, goleiro que substituiu o titular Weverton, convocado por Tite para os amistosos da Seleção Brasileira na França.

No segundo tempo, porém, a dinâmica da partida mudou. Após ter aberto o placar com Murilo, completando uma boa trama entre Gustavo Scarpa e Marcos Rocha, o time paulista começou a tomar conta do jogo e perdeu boas chances de aumentar o placar. Foi até mesmo prejudicado pela arbitragem que deixou de assinalar um pênalti de Mariano sobre Atuesta e pela anulação de um gol legal, marcado por Breno Lopes, sob alegação de uma falta inexistente de Navarro sobre o defensor do Galo.

Pela próxima rodada, o Verdão enfrenta o Botafogo no Rio de Janeiro na segunda-feira (3), enquanto o Atlético-MG recebe o Fluminense, atual vice-líder, no Mineirão no sábado (1º).

Internacional somente empata com Bragantino e cai para 3º lugar

Zagueiro Igor Gomes estreou no Inter no empate sem gols com o Bragantino (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)
Zagueiro Igor Gomes estreou no Inter no empate sem gols com o Bragantino (Foto: Ricardo Duarte/Internacional)

O Inter não conseguiu superar a marcação do Bragantino e ficou no 0 a 0 na noite da quarta-feira (28) no Beira-Rio. Após um primeiro tempo de poucas oportunidades, o jogo melhorou na etapa final. O Colorado, em busca da vitória, tentou avançar. Porém, parou em Cleiton ou na falta de pontaria.

O resultado decepcionante ainda teve as indigestas companhias da vitória por 1 a 0 do Palmeiras sobre o Atlético-MG em pleno Mineirão e a goleada do Fluminense por 4 a 0 no Juventude no Maracanã. O Verdão abriu 10 pontos e os cariocas ainda superaram os gaúchos na tabela. Houve vaias no término da partida e xingamentos a Edenilson.

Na próxima rodada, o Inter enfrenta o Santos. A partida ocorre no sábado (1º), no Beira-Rio. O Bragantino, no mesmo dia, pega o Flamengo, no Maracanã.

Vitória com autoridade

O Fluminense não tomou conhecimento do lanterna Juventude na noite da quarta-feira (28) no Maracanã. Com dois gols em cada tempo, o Tricolor passeou em campo e goleou por 4 a 0. Samuel Xavier, Arias, Michel Araújo e Cano, artilheiro isolado do Campeonato Brasileiro com 16 gols, construíram o placar.

Com a vitória, o Fluminense chegou a 51 pontos, ultrapassou o Inter e virou o novo vice-líder do Brasileirão, mas segue nove pontos atrás do líder Palmeiras, que venceu o Atlético-MG no Mineirão. Já o Juventude, estacionado nos 19 pontos, afunda-se ainda mais na lanterna.

No sábado (1º), o Fluminense viaja a Belo Horzionte para enfrentar o Atlético-MG, sedento por recuperação. No mesmo dia, o Juventude vai a Curitiba para jogar com o Athletico-PR, tentando adiar seu descenso para a Série B, algo pouco improvável.

Timão entra no G-4

Yuri Alberto foi o autor do gol da vitória corintiana na Neo Química Arena (Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)
Yuri Alberto foi o autor do gol da vitória corintiana na Neo Química Arena (Foto: Rodrigo Coca/Agência Corinthians)

O Corinthians voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Após três rodadas, com dois empates e uma derrota, o Timão bateu o Atlético-GO por 2 a 1 na noite da quarta-feira (28), na Neo Química Arena, pela 28ª rodada. Róger Guedes e Yuri Alberto fizeram os gols dos donos da casa. Wellington Rato marcou para o Dragão, agora há sete jogos sem triunfos na competição, com cinco derrotas e dois empates. Depois de terminarem o primeiro tempo empatados, os rivais fizeram um jogo com boas oportunidades na etapa final. Mas a boa atuação de Róger Guedes e o oportunismo de Yuri Alberto fizeram a diferença na reta final. 

A vitória leva o Corinthians aos 47 pontos, na quarta colocação. Com apenas 22 pontos, o Atlético-GO continua na penúltima colocação. 

Mais uma vez, a fiel torcida fez a diferença. Com público de 32.398 pagantes e renda de R$ 1.624.476,50, o Alvinegro paulista manteve a média de público acima de 30 mil pessoas – algo que ocorre há 26 jogos do Timão como mandante. Na quarta-feira, com a bola rolando, muitos torcedores ainda estavam chegando, mas tiveram tempo de fazer uma grande festa no estádio.

O Corinthians volta a campo no sábado (1º) para encarar o Cuiabá, novamente na Neo Química Arena. No mesmo dia, o Atlético-GO visita o Avaí, no estádio da Ressacada, em Florianópolis.

Flamengo leva virada em Fortaleza

Pedro Rocha foi o craque da partida entre Fortaleza e Flamengo (Foto: Leonardo Moreira/ Fortaleza)
Pedro Rocha foi o craque da partida entre Fortaleza e Flamengo (Foto: Leonardo Moreira/ Fortaleza)

Numa partida com reviravoltas e muita emoção no Castelão, o Fortaleza conquistou grande virada sobre o Flamengo e venceu por 3 a 2. O ex-flamenguista Pedro Rocha, duas vezes, e Caio Alexandre marcaram os gols da vitória. Gabigol descontou para os cariocas.

Em jogo de muito equilíbrio, a pressão incessante do Fortaleza na reta final do jogo fez a diferença. Quando o Leão do Pici não saía do campo de defesa do Flamengo, Moisés soltou a bomba aos 48 minutos do segundo tempo. Santos rebateu erradamente, e Caio Alexandre apareceu como uma flecha para levar o Castelão à loucura.

O Rubro-Negro sentiu a ausência dos desfalques: Pedro e Everton Ribeiro (seleção brasileira), Arrascaeta e Molina (seleção uruguaia), Vidal e Pulgar (seleção chilena), Marinho e Everton Cebolinha, suspensos, e Bruno Henrique e Rodrigo Caio, lesionados. Com chances remotíssimas de conquistar o Brasileirão, o Mengão está concentrando suas forças nas finais da Copa do Brasil contra o Corinthians, marcadas para os dias 12 e 19 de outubro, e para a final da Copa Libertadores da América contra o Athletico-PR, no dia 29 de outubro, em Guaiaquil, no Equador. Porém, o futebol apresentado deixou a desejar e provocu críticas ao técnico Dorival Jr.

Agora com 34 pontos, o Fortaleza volta a campo no próximo sábado (1º), na Serrinha, onde enfrenta o Goiás na condição de visitante. O Flamengo, que saiu do G-4 e caiu para o quinto lugar, recebe o Bragantino no Maracanã no mesmo dia.

Fogão consegue vitória fora de casa

Gol de Del Piage no final definiu a partida em favor do Botafogo (Foto: AGIF)
Gol de Del Piage no final definiu a partida em favor do Botafogo (Foto: AGIF)

O Botafogo tentou o jogo inteiro, mas o gol só saiu no finzinho da partida. Del Piage, que entrou no segundo tempo, fez o gol da vitória por 1 a 0 em belo chute de fora da área. Antes, Tiquinho e Júnior Santos insistiram bastante, mas a marcação do Goiás e as defesas de Tadeu impediram o time de Luís Castro de abrir o placar.

O Botafogo ultrapassou o Goiás na tabela de classificação do Brasileirão, alcançando os mesmos 37 pontos do adversário, mas levando a melhor nos critérios de desempate (10 vitórias cariocas contra nove goianas).

O time de Luís Castro ficou em nono na tabela, o Santos é o 10º, o Goiás, o 11º, e o São Paulo, o 12º. Todos com 37 pontos. A distância para o G-6 é de sete pontos.

O Goiás volta a campo no próximo sábado (1º), contra o Fortaleza, na Serrinha. Já o Botafogo joga só na segunda-feira (3), contra o líder Palmeiras, no Nilton Santos. A partida é válida pela 29ª rodada.

A rodada foi completada pelas seguintes partidas: na quarta-feira (28), Cuiabá 2 x 1 América (gols de Sidcley e André Luiz para o Dourado, e Mastriani para o Coelho); Coritiba 1 x 0 Ceará (gol de Fabricion Daniel); na terça-feira (27), Santos 2 x 0 Athletico-PR (gols de Luan e Nico/contra), e domingo (25), São Paulo 4 x 0 Avaí (Diego Costa, Luciano, Patrick e Eder).

Cruzeiro é quase campeão da Série B

Rafa Silva foi o artilheiro da Raposa em Campinasa, com dois gols (Foto: Staff Imagens/Cruzeiro)
Rafa Silva foi o artilheiro da Raposa em Campinasa, com dois gols (Foto: Staff Imagens/Cruzeiro)

Após confirmar o acesso antecipado à Série A do Brasileirão 2023, o Cruzeiro voltou as suas atenções para o título da competição nacional. E com a vitória elástica na noite da quarta-feira, fora de casa, sobre a Ponte Preta, o objetivo ficou ainda mais próximo. Bastam mais três pontos para a taça vir para a Toca da Raposa 2 – ou uma combinação de resultados das equipes rivais.

A vitória que colocou a Raposa nesta situação favorável, no entanto, não veio com facilidade. Apesar do placar de 4 a 1 sobre a equipe paulista, o time Celeste precisou demonstrar seu espírito aguerrido e um futebol ofensivo e objetivo. Em um campo encharcado pela chuva, a Ponte Preta abriu o placar nos primeiros 15 minutos de jogo, com gol de Felipe Amaral. Mas o Cabuloso virou a partida com gols de Zé Ivaldo, Edu e dois de Rafa Silva.