Parlamento Europeu vota pelo fim da isenção do visto de entrada para americanos na Europa

Decisão é baseada na política da reciprocidade, porque EUA exigem visto de entrada para cidadãos de cinco países da União Europeia

0
9220

O Parlamento Europeu aprovou uma resolução que visa abolir a isenção de visto para cidadãos americanos que visitarem os países da Comunidade Europeia.

A decisão vem depois que os Estados Unidos não concordaram em ampliar o seu próprio programa de isenção de vistos para cidadãos de cinco países da Comunidade Europeia – Bulgária, Croácia, Chipre, Polônia e Romênia. Cidadãos de outros país da CE, como França, Alemanha e Itália, por exemplo, não precisam de visto para entrar nos Estados Unidos.

A resolução, aprovada pelo voto no comitê de liberdades civis do parlamento, exige a revogação da isenção em até dois meses, o que significa que americanos terão mais exigências para entrar na Europa doze meses depois que a Comissão Europeia implementar a medida.

A Comissão descobriu três anos atrás que os EUA não estavam cumprindo com suas obrigações no acordo de reciprocidade com a CE. Austrália, Brunei, Japão e Canadá também estavam descumprindo o acordo, mas todos os quatro países já acabaram com as restrições para cidadãos da CE.

A Comissão fica legalmente obrigada a suspender a isenção de visto para americanos, mas tanto o Parlamento quanto o Conselho da União Europeia podem apelar da decisão.