Passageiro processa Royal Caribbean em $10 milhões por cair de trampolim

Durante brincadeira em cruzeiro, homem alega que sofreu uma fratura pélvica, teve que colocar parafusos e está passando por fisioterapia

0
1772
Brinquedo em que o americano teria sofrido a queda durante cruzeiro
Brinquedo em que o americano teria sofrido a queda durante cruzeiro

Um passageiro que estava em um cruzeiro do Royal Caribbean para as Bahamas no mês passado, e sofreu uma queda de um bungee trampolim, está processando a companhia baseada em Miami em $10 milhões.

Casey Holladay, de 25 anos, alega que caiu de uma altura de 20 pés, sofrendo fraturas na pélvis e diversos transtornos de saúde. Segundo Holladay, o cinto de proteção se soltou. “Eu senti que o cinto que me segurava se soltou e eu não tinha onde me segurar. Eu bati com toda força no colchão protetor no chão e daí já não me lembro de mais nada”, disse à NBC.

O passageiro foi socorrido e levado para o Jackson Memorial Hospital em Miami onde passou por cirurgia para colocar placas e parafusos na região pélvica. Ele alega que terá que “passar por tratamentos ortopédicos pelo resto da vida”.

A Royal Caribbean optou por não comentar até que o processo seja concluído na Justiça.