Passageiros podem ter que chegar aos aeroportos até quatro horas antes do voo

Regras de distanciamento social e outras medidas para evitar a propagação do coronavírus estão mudando a realidade nos aeroportos

0
1033
Aeroportos redobram a atenção com a limpeza (Foto MIA International Airport)

A pandemia do coronavírus mudou a realidade das pessoas e esse “novo normal” não será diferente nos aeroportos. De acordo com especialistas, os aeroportos devem solicitar, em breve, que os passageiros cheguem até quatro horas antes do embarque para fazer o check-in e passar pela segurança.

“A expectativa é que assim que chegadas e partidas de voos forem normalizadas, os passageiros tenham que chegar com até quatro horas de antecedência para conseguir embarcar”, afirma Shashank Nigam, consultor de aviação.

Nigam acredita que algumas companhias aéreas vão solicitar que os passageiros apresentem exames para mostrar que já tiveram o coronavírus, os chamados testes de anticorpos para a doença. A checagem da temperatura já é realidade para muitas empresas aéreas.

O especialista vai mais longe e acredita que o túnel de acesso a aeronave será um “túnel desinfetante”. “Quando estivermos andando em direção ao avião, um spray será lançado nos passageiros para que todos voem em segurança”.

Malas despachadas e bagagens de mão também passarão por processos de desinfecção, segundo o consultor. (Com informações do Local10 News)