Passageiros terão que mostrar teste negativo de covid-19 para entrar nos EUA

Medida começa a valer dia 26 de janeiro e também será aplicada aos cidadãos americanos que viajaram para fora dos EUA e pretendem regressar ao país

0
380
Intenção é controlar o aumento das infecções pela nova variante do coronavírus (foto: wikimedia)
Americanos estão autorizados a viajar para a Europa (Foto: Wikimedia)

O Centers for Disease Control (CDC) emitiu uma ordem nesta terça-feira (12), determinando que as companhias aéreas proíbam o embarque de qualquer passageiro internacional com destino aos EUA que não comprovar um teste negativo para a covid-19.

A medida começa a valer no dia 26 de janeiro e deve ser aplicada também aos cidadãos americanos que viajaram para fora dos EUA e pretendem regressar ao país.

De acordo com o CDC, o teste obrigatório deve ser feito três dias antes da viagem. O órgão também recomenda que os passageiros sejam testados novamente de três a cinco dias após a entrada nos EUA, e permaneçam em quarentena por pelo menos sete dias.

A intenção é controlar o aumento das infecções pela nova variante do coronavírus, que tem maior poder de contágio.

“Com os EUA já em estado de emergência, a exigência de testes para passageiros aéreos ajudará a desacelerar a disseminação do vírus enquanto trabalhamos para vacinar o público americano”, diz o CDC em comunicado.

A exigência dos testes não interfere na proibição à entrada de viajantes oriundos do Brasil nos Estados Unidos, que continua em vigor.