70% dos adultos já receberam pelo menos uma dose da vacina contra a covid nos EUA

Meta do presidente Biden foi atingida com um mês de atraso; vacinação aumenta diante da ameaça da variante Delta, "mas ainda não há o que comemorar", diz Casa Branca

0
529
Vacinação na Califórnia acontece em etapas para grupos específicos (Foto: RF._.studio @ Pexels)
70% da população dos EUA recebeu ao menos uma dose da vacina (Foto: RF._.studio @ Pexels)

Setenta por cento dos adultos que vivem nos Estados Unidos já receberam pelo menos uma dose da vacina, de acordo com informações do U.S. Centers for Disease Control and Prevention (CDC). A meta foi atingida um mês depois do previsto pelo presidente Joe Biden, que era o dia 4 de julho.

O número de vacinados nos EUA aumentou significativamente devido à ameaça da variante Delta do coronavírus, mas ainda não é suficiente. “Nós precisamos de pelo menos 80% da população vacinada para ver uma queda significativa de casos”, afirma o infectologista Paul Offit, do comitê de resposta à pandemia da Casa Branca. “Esse vírus é muito contagioso”.

A médica Natasha Nhuyan afirma que, mesmo que 70% dos adultos já tenham tomado pelo menos uma dose da vacina nos EUA, o índice de vacinação ainda é muito baixo em algumas regiões.

“Mesmo se a América chegar a 70% ou 75% dos adultos vacinados, ainda temos cidades onde apenas 40% ou 50% foram imunizados e vão continuar em risco e colocando a vida de outros em perigo. Por isso, temos que celebrar com cautela esse aumento na vacinação”, diz a especialista.

Vacinação em alta

De acordo com informações da Casa Branca, os índices de vacinação estão aumentando em regiões onde os casos de coronavírus dispararam nas últimas semanas. “Nos oito estados com o maior número de casos, vimos um aumento da procura pela vacina em 171%”, disse o coordenador do comitê de resposta à pandemia do governo, Jeff Zients. “Mas ainda há muito o que fazer e ainda não há o que comemorar”.

A Louisiana viu um aumento de 302% no número de vacinados, o Mississippi 250%, o Alabama 215% e o Arkansas 206%. A Flórida já vacinou 49.1% da população, um dos números mais baixos da nação.