Pesquisa da ABC News/Ipsos revela que 70% acham que Trump errou no caso da Ucrânia

51% julgam que o erro é motivo para impeachment e 25% acham que o presidente não fez nada de errado

0
996
Presidente está sendo julgado por incitar insurreição
Presidente está sendo julgado por "incitar insurreição" no episódio da invasão ao Capitólio (foto: Gage Skidmore)

A grande maioria dos americanos acha que o presidente Trump errou ao pedir para um líder estrangeiro investigar seu rival político, mostrou uma pesquisa realizada pela ABC News/Ipsos. O caso está sendo debatido na Câmara dos Deputados (House of the Representatives) e pode levar ao impeachment do presidente.

Um número menor, mas ainda a maioria (51%), acreditam que o presidente agiu erradamente e que deveria sofrer um impeachment e deixar o cargo. Mas somente 21% disseram que acompanham as audiências sobre o impeachment na Câmara.

Já 25%, ou um em quatro americanos, acredita que Trump não fez nada de errado. E um em três, ou 32%, disseram que ele mereceria o impeachment mesmo antes da divulgação do telefonema de Trump para o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, no qual ele pediu ao ucraniano que investigasse o ex-vice-presidente Joe Biden e seu filho, Hunter.

A pesquisa foi feita por uma parceira entre a ABC News, divisão de notícias da rede de TV ABC, uma das três maiores do País, e o instituto de pesquisa Ipsos. A rede usou a metodologia KnowledgePanel, da Ipsos, para perguntar aos americanos se eles estariam seguindo de perto os debates sobre o impeachment, o que sabiam sobe o caso de Trump e se essas ações justificariam o impeachment e a deposição do presidente.

A oposição Democrata investiga se o presidente usou $400 milhões em ajuda à Ucrânia em troca de informações a respeito das atividades do seu adversário político, Biden, e o filho, no conselho administrativo da companhia energética ucraniana Burisma. Trump teria retido a ajuda até que o presidente ucraniano cumprisse com o pedido.

A disputa entre os parlamentares Democratas e a Casa Branca mostrou uma população polarizada, com os Democratas mais convictos de que Trump deveria sofrer um impeachment (85%) e os Republicanos julgando que o presidente não fez nada de errado (65%).

A pesquisa da ABC News/Ipsos foi feita com a metodologia Ipsos Public Affairs‘ KnowledgePanel®, entre 16 e 17 de novembro, em inglês e espanhol, junto a um grupo aleatório de 506 americanos. Os resultados têm uma margem de erro de 4,8 pontos percentuais.

Com informações da ABC News.