Pesquisa Datafolha mostra Bolsonaro com 56% e Haddad com 44% das intenções de voto

Novo presidente do Brasil será conhecido na noite de domingo (28); diferença entre os dois diminuiu

0
899
Os candidatos à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) (Foto: AFP)
Os candidatos à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) (Foto: AFP)

DA REDAÇÃO – Chegou a hora de o brasileiro decidir que será o seu presidente pelos próximos quatro anos. Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL) decidem as eleições neste domingo (28) no segundo turno das eleições. A diferença entre os dois caiu, segundo pesquisa Datafolha divulgada no início da noite de quinta-feira (25). As informações são do jornal O Globo.

Segundo pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira, Jair Bolsonaro (PSL) tem 56% dos votos válidos, enquanto Fernando Haddad (PT) aparece com 44%. No levantamento anterior, eles tinham 59% e 41%. Assim, a diferença caiu de 18 para 12 pontos.

Os dois movimentos — tanto a queda de Bolsonaro como a subida de Haddad — foram acima da margem de erro, que é de dois pontos para mais ou para menos. No primeiro levantamento do segundo turno, divulgado pelo Datafolha no dia 10 de outubro, a distância entre os postulantes era de 16 pontos.

As entrevistas foram realizadas nos últimos dois dias. Na terça-feira, outra pesquisa, do Ibope, indicou uma oscilação para baixo do candidato do PSL, que viu sua pontuação passar de 59% para 57%. O resultado fez o capitão da reserva se movimentar para evitar o clima de comemoração antecipada . Em uma transmissão ao vivo, Bolsonaro disse que “a eleição ainda não acabou”.

No lado do Haddad, o Datafolha capta o movimento do petista em manter o ânimo da campanha. Em seu programa eleitoral, o candidato buscou atrair eleitores do trio “Alcirina” — Geraldo Alckmin (PSDB), Ciro Gomes (PDT) e Marina Silva (Rede). Juntos, esses três candidatos tiveram cerca de 19,5 milhões de votos no primeiro turno. Na ocasião, o petista teve 17,9 milhões de votos a menos que Bolsonaro.

Na contagem das intenções de votos totais, Bolsonaro marcou 48% e Haddad, 38%. Brancos e nulos somaram 8% e indecisos, 6%. Destes, 22% expressaram abertura para mudar de posição até o dia da eleição. Há uma semana, a medição das intenções de votos totais registrou 50% para o candidato do PSL, 35% para o concorrente do PT, 10% brancos ou nulos e 5% indecisos.

Segundo o Datafolha, Bolsonaro perdeu apoio em todas as regiões do país, mas permanece na frente. No Sudeste, a vantagem é de 53%, contra 31%. A única região em que Haddad está na frente é no Nordeste, onde tem 56% das intenções de voto, contra 30% do ex-capitão.

Rejeição

Na análise da rejeição, a do candidato do PT caiu de 54% para 52%. Já a de Bolsonaro cresceu 3 pontos, de 41% a 44%.

Em relação à certeza do voto, 94% dos que manifestaram intenção de voto no candidato do PSL garantiram que estão decididos. No caso do presidenciável do PT, a certeza foi declarada por 91%.

A pesquisa entrevistou 9.173 pessoas em 341 cidades ontem (24) e hoje (25). A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos. O levantamento foi encomendado pelo jornal Folha de S. Paulo e pela Rede Globo.