Pesquisa mostra que hispano-americanos são os que mais crescem economicamente nos EUA

Etnia fez progressos acima da média nacional em saúde, educação e renda

0
2273
Em 2015, os hispano-americanos tiveram o maior crescimento de renda entre todos os grupos raciais ou étnicos no país
Em 2015, os hispano-americanos tiveram o maior crescimento de renda entre todos os grupos raciais ou étnicos no país

O Council of Economic Advisor, a assessoria-geral da Casa Branca para assuntos econômicos, divulgou na quarta-feira (24) o resultado de uma pesquisa sobre o impacto econômico da população de origem hispânica no país, um universo de 55 milhões de pessoas.

A pesquisa do CEA revelou que a etnia não somente é a que mais cresce em população no país como é a que tem melhor desempenho econômico.

Em 2015, os hispano-americanos tiveram o maior crescimento de renda entre todos os grupos raciais ou étnicos no país. Além disso, tiveram a maior taxa de redução da pobreza, e progressos significativos na cobertura de seguros. No total, a renda dos hispano-americanos aumentou 7,4 em termos reais desde 2009.

Segundo o CEA, a taxa de desemprego entre o grupo caiu pela metade desde o pico da Grande Recessão e agora está abaixo da média de antes dela. Com a implementação do Affordable Care Act (Obamacare), o número de indivíduos sem seguro-saúde caiu 11,3% entre os hispano-americanos de idades entre 18 e 64 anos, taxa maior que a média geral do país. Cerca de 4 milhões de novas pessoas possuem agora o seguro-saúde.

Também na área educacional a etnia se destacou. O número de formados na high school aumentou 5%. Em 2016, 3,4 milhões de hispano-americanos estavam na faculdade, 800 mil a mais que  em 2009, um aumento acima de 30%.