Pete Buttigieg desiste de disputar vaga à corrida presidencial pelos Democratas

Ele ficou em quarto lugar nas prévias da Carolina do Sul, onde Joe Biden saiu vitorioso

0
662
Pete Buttigieg - (Foto Wikimedia Commons)

O ex-prefeito de South Bend, Indiana, Pete Buttigieg, anunciou na noite de domingo (1) que desistiu de disputar uma vaga à corrida do Partido Democrata para a presidência dos EUA.  A decisão foi anunciada depois que Buttigieg ficou em quarto lugar nas prévias realizadas na Carolina do Sul, onde Biden saiu vitorioso. 

Em discurso a apoiadores em South Bend, Buttigieg disse que tomou uma “decisão difícil” ao escolher se retirar da campanha. Ele não disse se apoiaria algum outro pré-candidato.

“Vou fazer de tudo ao meu alcance para eleger o candidato escolhido pelo Partido Democrata”, anunciou Buttigieg, em discurso.

Segundo projeções, o pré-candidato não conseguiu nenhum delegado na primária da Carolina do Sul. Assim, ele foi ultrapassado por Joe Biden na disputa interna do Partido Democrata para decidir quem enfrentará Donald Trump nas eleições dos EUA, em novembro.

Buttigieg chegou a largar na frente, praticamente empatado com Bernie Sanders, após o sucesso no caucus de Iowa. Porém, a candidatura perdeu fôlego nas primárias seguintes.

Outro a desistir da corrida presidencial após a primária da Carolina do Sul foi o magnata ambientalista Tom Steyer, na noite de sábado. Apesar de obter a terceira maior votação no estado, o resultado não foi suficiente para que ele conseguisse atribuir delegados para ele nas primárias do Partido Democrata.

Super Tuesday

O ex-vice-presidente Joe Biden venceu as primárias do Partido Democrata na Carolina do Sul de sábado (29).

Após sofrer derrotas nas três primeiras primárias, vitória por ampla margem dá sobrevida a Biden na disputa pela nomeação do Partido Democrata. O resultado ainda o aproxima de Sanders na liderança das prévias — algo que deve reorganizar o jogo político às vésperas da Super Terça, dia decisivo na corrida democrata.

Logo após saírem as primeiras projeções, Biden agradeceu aos eleitores em uma mensagem no Twitter. “Obrigado, Carolina do Sul! A todos que foram derrubados, descartados ou deixados de fora — esta é a campanha de vocês”, afirmou.

“Juntos, vamos vencer essas primárias e derrotar Donald Trump”, completou.

Com a vitória, Biden tentará ganhar fôlego para a Super Terça desta semana, quando 14 estados — além do território da Samoa Americana e de votações no exterior — terão primárias. Cerca de um terço dos delegados do Partido Democrata serão decididos neste dia. (Com informações da Reuters e G1)