Pico de infecções pelo coronavírus deve acontecer no fim de abril na Flórida

Segundo projeções da Universidade de Washington, o maior número de casos deve ocorrer a partir do dia 21 de abril para então começar a cair

0
1377
Estudo prevê que pico da pandemia na FL será no dia 21 de abril (Ilustração Reprodução ABC)

O pico das infecções pelo coronavírus deve acontecer no final do mês de abril na Flórida, duas semanas antes que outras projeções apontavam. Isso quer dizer que o Estado pode esperar até 242 mortes diariamente, segundo estimativas de cientistas da University of Washington’s School of Medicine.

Modelos estatísticos divulgados anteriormente mostravam que o pior da pandemia na Flórida seria no início de maio.

Durante esse pico, que terá início em 21 de abril, os hospitais estarão trabalhando com sua capacidade máxima e grande parte das mortes poderá ocorrer por falta de respiradores e leitos hospitalares. O estudo serve para o governo se preparar para o pior.

A estimativa aponta que serão necessários pelo menos 2.095 respiradores na Flórida para atender a demanda.

Na segunda-feira (6), o diretor do Departamento de Emergências da Flórida, Jared Mokowitz disse que o Estado tem leitos de UTI e respiradores em número suficiente para o que está por vir.

O modelo mostra que cerca de 7 mil pessoas poderão morrer infectadas pelo coronavírus na Flórida. “À medida que obtemos mais dados, as previsões que criamos se tornam mais precisas”, disse Christopher Murray, diretor da University of Washington’s School of Medicine. “E essas projeções são vitais para o planejamento das próximas ações governamentais e qualquer outra pessoa associada ao atendimento das pessoas afetadas e infectadas pelo coronavírus”.

Nesta terça-feira, segundo o Departamento de Saúde da Flórida, o número de infectados na Flórida era de 13.629 e 254 mortes. (Com informações do Sunsentinel)