Brasil Manchete

Pilotos e comissários entram em greve a partir de segunda (19) nos principais aeroportos do Brasil

A paralisação parcial deve atingir decolagens previstas para acontecer entre 6am e 8am, diariamente a partir do dia 19, nos aeroportos de Congonhas Guarulhos, Galeão, Santos Dumont, Viracopos, Porto Alegre, Brasília, Confins (BH) e Fortaleza.

Pilotos e comissários de bordo pedem ajuste salarial. Foto: Jon Flobrant/Unsplash

O Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) informou que pilotos e comissários de voo entrarão em greve nacional a partir de segunda-feira (19). A categoria reivindica ajuste salarial das perdas inflacionárias e ganho real nos salários, de forma a compensar perdas acumuladas em dois anos de pandemia — que segundo o SNA, foi de quase 10%. Também faz parte da pauta de reivindicações questões relativas a de jornada de trabalho e folga.

A paralisação parcial deve atingir decolagens previstas para acontecer entre as 6am e 8am, diariamente a partir do dia 19, nos aeroportos de Congonhas Guarulhos, Galeão, Santos Dumont, Viracopos, Porto Alegre, Brasília, Confins (BH) e Fortaleza.

Decolagens com órgãos para transplante, vacinas e enfermos a bordo prosseguirão normalmente.

Em nota, o sindicato declarou: “É importante destacar que as próprias empresas apontam em seus informes ao mercado, assim como também demonstram notícias publicadas na imprensa, que o setor aéreo vem se recuperando aceleradamente, com lucros maiores do que os do período pré-pandemia. Além disso, a procura por passagens aéreas aumentou e os preços impostos aos passageiros subiram drasticamente. No entanto, as empresas continuam intransigentes, se recusando a conceder uma remuneração mais digna aos tripulantes, além de propor que pilotos e comissários trabalhem mais horas. Os pilotos e comissários de voo do Brasil contam com a compreensão da sociedade e com o bom senso das companhias aéreas para evitar transtornos”.