Polícia divulga foto dos milhões escondidos debaixo do colchão em MA

Dinheiro foi apreendido no começo do mês no apartamento do brasileiro Cleber Rocha, e estaria ligado ao esquema TelexFree

0
23003
Dinheiro estava escondido debaixo do colchão
Dinheiro estava escondido debaixo do colchão

Uma foto divulgada pelo U.S. Attorney Office na segunda-feira (23) mostra como foram escondidos debaixo do colchão os $20 milhões em dinheiro suspeito de estar ligado com o esquema de pirâmide TelexFree, organizado por brasileiros e desbaratado pela polícia.

A TelexFree, empresa com sede em Massachusetts que operou de janeiro de 2012 a março de 2014, teria desviado no total $1 bilhão usando um esquema de pirâmide baseado em serviços de telefonia pela internet.

O dinheiro da foto foi descoberto no começo do mês, quando a polícia deu uma busca no apartamento em Westborough do brasileiro Cleber Rizerio Rocha, de 28 anos, acusado de conspiração para lavagem de dinheiro.

“A TelexFree promovia agressivamente o seu serviço recrutando milhares de “promotores” que postavam anúncios na internet”, diz uma nota publicada no website do Department of Justice (DOJ).

Os promotores tinham que pagar um determinado valor para participar da empresa, que seria compensado mais tarde pela TelexFree “de acordo com uma complicada estrutura de compensação, semanalmente, contanto que eles postassem anúncios oferecendo os serviços da TelexFree na internet”, segundo o DOJ.

O esquema divulgou um total de $1.02 bilhões em vendas em 2013, mas praticamente todo o lucro vinha do dinheiro das pessoas que entraram para o esquema, disseram os investigadores.