Polícia divulga identidade de policial que atirou em mulher e se matou em seguida

Caso aconteceu na manhã de quinta-feira (12) em Boynton Beach; mulher continua internada

0
3128
Michael DeMarco trabalhava como policial há 22 anos
Michael DeMarco trabalhava como policial há 22 anos

A polícia divulgou a identidade do homem que atirou em uma mulher e se matou em seguida, na manhã de quinta-feira (12), em Boynton Beach. Michael DeMarco trabalhava para o Palm Beach Sheriff’s Office há 22 anos.

O nome da vítima não foi divulgado e ela continua em estado grave no hospital. Ela está internada na UTI do Delray Medical Center.

Uma amiga da vítima informou ao jornal Sunsentinel que ela foi atingida no fígado e no pulmão. “Ela está se recuperando bem dos ferimentos”, disse Yeni Gonzales.

Yeni disse que a vítima estava namorando o policial há seis meses, mas terminaram há pouco tempo o relacionamento.

Documentos da corte do Condado de Palm Beach mostram que DeMarco entrou com o processo no dia 27 de setembro contra a mulher por causa de um colchão e um espelho que ela não teria pago. Os documentos mostram que o colchão custa $1.700 e espelho $673.

De acordo com a amiga da vítima, ela se mudou de Tampa para Boynton Beach em 2014.