Polícia divulga motivação de tiroteio no Coral Square Mall, em Coral Springs no sábado (26)

Dono da loja atirou em empregado e se matou em seguida; vítima está internada e estado é estável

0
4711
Fachada da loja onde ocorreu o crime
Fachada da loja onde ocorreu o crime

DA REDAÇÃO COM SUNSENTINEL – Em um fim de semana tradicional de shoppings lotados devido às promoções de Thanksgiving e Black Friday, frequentadores do Coral Square Mall, em Coral Springs (FL), passaram por momentos de terror no sábado (26). O dono de uma loja atirou em seu funcionário e se matou em seguida, causando corre-corre e fechamento do shopping por algumas horas. A vítima está internada, mas não corre risco de morrer.

De acordo com informações divulgadas pela polícia nesta segunda-feira (28), uma briga de longa data entre os dois culminou no crime de sábado. O proprietário da loja Fast-Fix Jewelry & Watch Repair, que está no shopping há mais de 20 anos, Gus Kiriazis, de 59 anos, atirou em seu funcionário, Sabas Antonio Ferrer, de 52, e se matou em seguida.

“Sabas era uma pessoa muito amigável, gentil e educado com todos que trabalham no mal”, disse um funcionário do local. Os dois teriam “problemas mal resolvidos entre eles há um tempo” e o desfecho final da briga acabou em tragédia.

Kiriazis atirou em Sabas várias vezes e, em seguida, deu um tiro na cabeça, morrendo no local. A polícia não sabe claramente a motivação, mas já tem conhecimento que os dois haviam se desentendido há um tempo.

Quando o tiroteio começou, consumidores entraram em pânico e começaram a correr. Comerciantes fecharam as portas das lojas. O primeiro policial a chegar à cena do crime pediu aos presentes para saírem do shopping.

A polícia chegou à loja e viu Kiriazis já sem vida, sangrando no chão com a arma do lado do corpo. A vítima estava sentada no chão da loja, com sangramento na boca. Ele foi levado para o hospital e está se recuperando bem, de acordo com os médicos.