Polícia investiga dois crimes sexuais cometidos no mesmo dia na região da praia em Deerfield Beach

Moradores ouvidos pelo AcheiUSA estão com medo; homem invadiu casas no meio da noite no dia 4 de outubro

0
4721
Detetives do BSO estão investigando o caso
Detetives do BSO estão investigando o caso

O Broward Sheriff’s Office divulgou na tarde de quinta-feira (12) um comunicado informando que está investigando dois crimes sexuais relatados em casas da região da praia de Deerfield Beach (FL), ocorridos no dia 4 de outubro.

Segundo a polícia, duas tentativas de estupro foram relatadas pelas vítimas na manhã do dia 4. Os detetives do Special Victims Unit estão investigando o caso. As vítimas disseram que o invasor, ainda não identificado, entrou nas casas por portas não trancadas das casas.

A primeira vítima é uma mulher de 53 anos que disse à polícia que o homem entrou em sua casa por volta de 1:30am. A outra, uma mulher de 33 anos, disse que o invasor a ameaçou com uma faca por volta de 5 da manhã do mesmo dia. As duas moram nas proximidades da praia.

A polícia pede para que os residentes mantenham portas e janelas fechados e que aumentem a segurança das casas.

Qualquer pessoa que tiver informações sobre esse caso deve contatar, com garantia de anonimato, o Broward Crime Stoppers. A recompensa para informações que levem a prisão do suspeito é de $3 mil.

Esta semana, outro caso de invasão de domicilio chamou a atenção da comunidade. Um jovem de 18 anos entrou na casa da vizinha e, segundo a vitima, a estuprou sob ameaça de uma faca em Boynton Beach.

“Estamos com medo”

Duas brasileiras que vivem na região da praia em Deerfield Beach disseram ao jornal AcheiUSA que estão apavoradas. Uma delas mora sozinha e a outra vive com a filha. “Estamos com muito medo, mal estou dormindo à noite. Pensei que havia mais segurança por aqui que no Brasil, mas não tem. Só me resta comprar mais uma tranca para a minha casa”, disse a mulher que pediu para não ser identificada. A outra, mãe de uma adolescente, disse que sempre deixa a porta aberta ou não se preocupa muito com a segurança, mas que depois do ocorrido, redobrou a atenção e não deixa mais nenhuma porta aberta.