Portadores de Social Security casados com indocumentados não recebem incentivo do governo

Se o casal nesta situação declarar o imposto de renda em conjunto, mesmo que a pessoa seja cidadã americana, ela não recebe o benefício

0
2134
Imagem Reprodução WHSV

Uma má notícia pegou de surpresa os portadores de Social Security, incluindo cidadãos americanos, que não receberam o dinheiro do “Stimulus Package” do governo por serem casados com imigrantes indocumentados. O governo não vai pagar o benefício para casais que declaram o imposto de renda em conjunto e que um dos cônjuges não seja portador de Social Security.

O contador Francisco Pessoa, da Business Choice, confirmou a informação e disse que a única exceção é para militares. “Infelizmente, o casal que declara junto tem que ter Social Security válido para receber o benefício. Caso um dos dois seja portador de ITIN Number, a família não recebe”, explica o contador.

De acordo com a página do Internal Revenue Service (IRS), “quando o casal declara o imposto junto, ele tem que ter um número válido de Social Security para receber o pagamento. A única exceção é se um dos dois for membro das Forças Armadas. Se eles declararem separadamente, o cônjuge que tem Social Security recebe o dinheiro, já quem não tem esse documento, não recebe”.

Segundo informações do Los Angeles Times, mais de um milhão de cidadãos americanos são casados com imigrantes que não têm Social Security. Muitos estão com processo na imigração e ainda não têm o número do documento.

“Essa notícia foi um grande balde de água fria para minha família. Estou em processo para pegar meus documentos, ainda não tenho social. Minha esposa é cidadã, temos um filho e não vimos a cor do dinheiro”, disse Marcelo, que pediu para que o nome fosse preservado. Ele mora em Pompano Beach, está trabalhando menos por causa da crise do coronavírus e estava contando com o dinheiro para pagar o aluguel.

O pacote de incentivos do governo oferece $1.2 mil a contribuintes que ganham até $75 mil por ano e $500 por criança. O benefício exclui a maior parte dos imigrantes indocumentados que não tem Social Security.

“É muito injusto com os imigrantes sem documentos e também com cidadãos americanos que pagam impostos e não vão receber o dinheiro por serem casados com imigrantes indocumentados. O governo abandonou quem mais precisa”, disse Randall Emery, presidenta da organização American Families United.