Prédio em Miami Beach é evacuado por risco de desabamento

Segundo autoridades da cidade, não se sabe ao certo quando os moradores poderão retornar às suas casas.

0
1181
Prédio interditado em Miami Beach. Foto: Reprodução Miami Herald - Alie Skowronski

A cidade de Miami Beach ordenou, na quinta-feira (27), que moradores do Port Royale Condominium, na 6969 Collins Ave., desocupassem o prédio de 14 andares imediatamente por risco de desabamento. Segundo engenheiros da cidade, o condomínio com 164 apartamentos apresenta danos significativos em uma viga estrutural da garagem. 

Conforme reportagem do Miami Herald, a diretoria do condomínio enviou, por volta de 5pm, um aviso aos moradores para desocupar as instalações até às 7pm. “Por favor, levem este conselho a sério”, dizia a carta da empresa de engenharia Inspection Engineers. 

À medida que o prazo para evacuar se aproximava, moradores corriam para recolher seus pertences, carregar seus carros e providenciar alojamento temporário. “Cheguei aqui às 5:15pm e todo mundo estava correndo. Fiquei super confusa”, disse uma locatária ao jornal. Ela rapidamente fez as malas com o suficiente para passar duas semanas na casa de seus pais em Palm Beach.

Mas segundo a porta-voz de Miami Beach, Melissa Berthier, não se sabe ao certo quando os moradores poderão retornar às suas casas. “Os engenheiros estão estudando a possibilidade de fazer um escoramento adicional na garagem, um método de reforço para a viga danificada. A medida pode levar, pelo menos, 10 dias”, disse.

De acordo com uma portaria do condado de Miami-Dade, aprovada após o colapso do Champlain Towers South em junho de 2021 em Surfside, os proprietários de prédios são obrigados a fornecer até três meses de moradia e custos associados se as autoridades determinarem falta de segurança como resultado de manutenção negligente. 

Ao deixar o prédio na noite de quinta-feira, os moradores do Port Royale ainda não haviam sido notificados sobre quem vai pagar os custos de moradia enquanto o condomínio estiver interditado.