Brasil

Presidente da Câmara dobra auxílio-moradia de deputados às vésperas de eleição no Brasil

A partir de 1º de fevereiro, parlamentares passam a receber até R$ 8.401 de auxílio-moradia; reembolso de combustível e viagens também foi ampliado

Arthur Lira, Presidente da Câmara dos Deputados. Foto: Zeca Ribeiro/Câmara dos Deputados

Às vésperas da eleição da Câmara dos Deputados, o atual presidente e candidato à reeleição, Arthur Lira (PP-AL), dobrou o valor total do auxílio-moradia dos parlamentares, que passam a receber até R$ 8.401 com o benefício. Atualmente o auxílio-moradia dos deputados é de R$ 4.253, com direito a um complemento, caso solicitado, de R$ 1.747, por meio da cota parlamentar.

Lira também aumentou o valor disponível para reembolso de combustível, de R$ 6.000 para R$ 9.392. O número de viagens autorizadas pela cota parlamentar também foi ampliado, oferecendo reembolso de até quatro trechos de bilhetes aéreos, ida e volta, por mês, tendo como destino o Distrito Federal e como origem o respectivo estado de representação.

O ato, publicado no Diário da Câmara da última sexta-feira (19), passa a vigorar em 1º de fevereiro, data em que acontece a próxima eleição para a presidência da Câmara, para os cargos da mesa diretora e também para as comissões temáticas.

Baixe nosso aplicativo