Preso motorista suspeito de atropelar brasileiro em New York

Luiz Gustavo Lotte, de 21 anos, está em estado grave no hospital e, segundo os médicos, pode ficar em estado vegetativo

0
1692
Brasileiro está internado em estado grave no hospital em NY (Foto arquivo pessoal - G1)

A polícia de New York prendeu, na manhã de quarta-feira (30), um homem de 35 anos, no Queens, suspeito de atropelar o brasileiro Luiz Gustavo Lotte, de 21 anos, no último dia 8 de março. O brasileiro natural de Sorocaba (SP) foi atingido quando atravessava uma faixa de pedestres e chegou a ser arremessado a 20 metros de distância.

Ao G1, a polícia de Nova York afirmou que identificou o motorista Christopher, que tinha fugido do local, e o prendeu na investigação por causar ferimentos graves a outra pessoa, imprudência, fugir da cena do crime, condução perigosa e por não obedecer às leis de trânsito.

Desde o acidente, Luiz Gustavo está internado em um hospital em coma. Os médicos disseram à família que, pela condição atual, ele tem grande chance de ficar em estado vegetativo ou de não sobreviver.

Luiz Gustavo foi para os EUA em março de 2020, pouco antes do início oficial da pandemia de coronavírus, e estava lá desde então, pois tinha decidido tentar a vida por lá. Luiz Gustavo chegou a conseguir um emprego na cidade, em uma empresa de publicidade.

Os médicos disseram à família que o carro deveria estar em alta velocidade, dada a gravidade dos ferimentos de Luiz Gustavo. “O maior problema é a lesão que ele tem no crânio, mas ele chegou ao hospital também com costelas e ombro quebrados. O pulmão também foi atingido. Os médicos se concentraram nas lesões no crânio e fizeram cinco cirurgias”, disse.

Os familiares do jovem disseram que os agentes só visitaram o paciente no hospital e foram ao local do atropelamento para entender o que aconteceu. na terça-feira (22), depois que a imprensa fez perguntas sobre o caso. (Com informações do G1)