Presos dois acusados de sequestrar e torturar um cirurgião plástico em Hallandale Beach

Médico foi sequestrado no estacionamento do Walmart e torturado por mais de nove horas

0
3062
Médico foi sequestrado e torturado por horas no condado de Broward
Solicitantes do visto U precisam da certificação policial para dar andamento ao processo

Documentos do tribunal divulgados na quarta-feira (12) mostram as nove horas de terror vividas por um cirurgião plástico do Sul da Flórida nas mãos de dois sequestradores, que utilizaram até um maçarico para torturar o médico.

De acordo com o documento, Justin Boccion, de Deerfield Beach, e Serge Nkorina, da Espanha, foram presos acusados pelo crime acontecido em janeiro no condado de Broward. A dupla teria começado a planejar o crime em dezembro. A polícia descobriu que a esposa de um dos criminosos era paciente do médico, que não teve a identidade revelada.

O cirurgião plástico relatou que estava saindo do Walmart em Hallandale Beach (FL) quando foi abordado e forçado a entrar em uma van. Eles amarraram a vítima e aplicaram choques com taser, além de utilizarem um maçarico para queimar seu corpo.

Agentes federais disseram que os sequestradores queriam dinheiro e chegaram ir até a casa do médico, que forneceu o código do alarme e disse ter $50 mil em dinheiro guardados no imóvel. Os ladrões, então, teriam se assustado com um barulho e luzes vindos da casa e desistiram de entrar.

Os sequestradores, então, deixaram a vítima no seu carro no estacionamento do Cheetah Gentleman’s Club muito machucado. Ele foi encontrado pela polícia por volta das 3 da manhã.

Os investigadores disseram que chegaram até os sequestradores por meio de imagens de segurança feitas no dia do sequestro.

O julgamento dos acusados deve acontecer em outubro. (Com informações do Sunsentinel)