Prisões de imigrantes pelo ICE chegam ao menor patamar em dez anos

No ano fiscal de 2021 (outubro de 2020 e setembro de 2021), 72 mil imigrantes foram detidos, 32 mil a menos que no ano anterior

0
957
Caem prisões efetuadas pelo ICE (Foto ICE)

A prisão de imigrantes pelo US Immigration and Customs Enforcement (ICE) atingiu o menor patamar em dez anos. De acordo com números obtidos pelo The Washington Post, 72 mil imigrantes indocumentados foram detidos no ano fiscal de 2021 – entre outubro de 2020 e setembro de 2021 -.

No mesmo período de 2020, 104 mil pessoas fora presas pelo ICE. Nos últimos dez anos, a média de prisões ficou em 148 mil por ano. No ano fiscal de 2011, 322 mil imigrantes foram detidos pela polícia imigratória.

A queda é explicada pelo fato de o governo democrata priorizar a prisão de imigrantes que cometeram crimes. A média diária de prisões efetuadas pelo ICE é de 12 pessoas por dia.

“Os números serão divulgados quando a revisão final estiver completa. O ICE tem cumprido o seu compromisso em priorizar a segurança nacional, a segurança das fronteiras e do povo americano”, disse o ICE em comunicado ao jornal.

Em setembro, o secretário de Homeland Security, Alejandro Mayorkas, ressaltou que o ICE não deve prender imigrantes “apenas pelo fato de eles terem entrado nos EUA ilegalmente”. E completou: “isso de forma isolada não deve ser a razão para prisão e deportação de imigrantes”.