Prisões do ICE não registram aumento no número de presos

A população detida tem se mantido entre 23 mil e 24 mil durante o verão, apesar do grande número de pessoas que chegam à fronteira

0
477
O ICE mantém mais de 24 mil imigrantes detidos em suas prisões (Foto: thehill.com)
O ICE mantém mais de 24 mil imigrantes detidos em suas prisões (Foto: thehill.com)

O número de imigrantes nas prisões do Serviço de Imigração e Alfândega dos EUA (ICE) se manteve estável entre o final de julho e as duas primeiras semanas de agosto, de acordo com um relatório elaborado pelo Centro de Informações e Acesso de Registros (TRAC) da Universidade de Syracuse, em New York.

Os pesquisadores descobriram que o número de pessoas sob custódia do órgão federal “geralmente flutua”, citando que nos últimos meses, por exemplo, o Programa de Alternativas à Detenção (ATD) “cresceu tremendamente para quase 300 mil”.

No entanto, nas primeiras duas semanas de agosto “os números do ICE tornaram-se bastante estáveis em todos os aspectos”.

O relatório indica ainda que “desde o final de julho, quando o ICE publicou os dados pela última vez, até meados de agosto, o número total de pessoas em ATD mal cresceu, chegando a pouco menos de 300 mil”.

Por sua vez, a população detida pelo órgão, que opera sob o comando do Departamento de Segurança Interna (DHS), “se manteve entre 23 mil e 24 mil durante o verão, apesar de relatos de um grande número de imigrantes que estão chegando à fronteira entre o Estados Unidos e México.

O Centro observou que a falta de novos dados sobre detenções nas prisões do ICE “levanta questões importantes” sobre o que impulsiona o movimento das populações de detentos e ATD.

“O que está claro é que as populações de imigrantes indocumentados sob custódia do ICE e/ou em ATD (aguardando em liberdade pela resolução de seus casos nos tribunais de imigração) não estão inerentemente vinculadas ao número de pessoas que chegam à fronteira ou são presas no interior do País”, diz o relatório.

Os pesquisadores também apontam que “muitas outras considerações legais, políticas e práticas influenciam sobre aquilo que acontece”.

Os últimos dados analisados ​​em 15 de agosto mostram:

• Que o ICE mantinha 24.127 detidos;

• Destes, 16.446 (68,2%) não possuem antecedentes criminais. Muitos têm apenas infrações menores, incluindo multas de trânsito;

• O ICE entregou aos centros de detenção no Texas o maior número de pessoas durante o ano fiscal de 2022;

• O Centro de Detenção Stewart em Lumpkin, Geórgia, teve o maior número de detidos do ICE até agora no ano fiscal de 2022, com média de 1.093 por dia (até agosto de 2022).