Punição para quem mexer ao celular enquanto dirige será mais severa na FL

Hoje a infração para quem for pego texting while driving é considerada leve e o motorista só recebe uma advertência; com a nova lei, infração passa a ser considerada grave

0
4320
Punição para quem mexer ao celular enquanto dirige será mais severa na FL Crédito US Air Force
Punição para quem mexer ao celular enquanto dirige será mais severa na FL Crédito US Air Force

A Flórida está prestes a punir de forma mais severa motoristas que insistirem em mexer no celular enquanto dirigem. No trânsito, basta olhar para o lado ou para o retrovisor que muito provavelmente o motorista perto de você está distraído olhando para o aparelho em vez de presta atenção no tráfego.

Deputados e senadores aprovaram um projeto de lei que torna o ato de digitar ao celular e dirigir ao mesmo tempo, uma infração grave. Dessa forma, o motorista flagrado texting while driving pode ser parado pela polícia e receber uma multa.

O projeto de autoria das deputadas Jackie Toledo e Emily Slosberg seguirá para aprovação do governador Ron DeSantis.

“Esta nova lei vai salvar muitas vidas nas rodovias”, disse a deputada Emily, do Partido Democrata de Boca Raton.

Atualmente, os motoristas não podem ser parados se estiverem ao celular enquanto dirigem, pois a infração é considerada secundária.

 Motoristas distraídos

Em 2015, mais de 45 mil motoristas distraídos se envolveram em acidentes na Flórida, resultando em mais de 39 mil feridos e cerca de 200 mortes. Desses, 20 mil com menos de 30 anos. Os acidentes causados por distração do condutor representaram 12.2% das colisões no Estado, 7.4% dos acidentes fatais e 15,4% das colisões que tiveram pessoas feridas. “Dirigir sem prestar a atenção no que está fazendo é um comportamento muito arriscado que coloca a vida dos motoristas e dos passageiros em perigo, além de colocar em risco a vida de outras pessoas também. Se você está atento, você consegue reagir rapidamente a uma situação de perigo no trânsito e ajuda a salvar vidas”, ressalta o Departamento de Trânsito da Flórida.