Republicanos acusam imigrantes de danos ambientais pelo lixo deixado na fronteira

Imagens feitas por um drone da prefeitura de Normandy, no Texas, mostram pilhas de resíduos deixados ao longo das rotas utilizadas na travessia ilegal para os EUA

0
565
Imagens de drone mostram o lixo deixado ao longo da rota utilizada pelos imigrantes

O lixo deixado ao longo das rotas utilizadas por imigrantes para entrar ilegalmente nos EUA não é novidade, mas políticos ligados ao Partido Republicano alegam que a quantidade tem aumentado. Recentemente, eles usaram imagens feitas por um drone da prefeitura de Normandy, no Texas, para denunciar a situação e acusar os imigrantes de degradação ambiental. A gravação feita em um suposto acampamento temporário às margens do Rio Grande, mostra um grande volume de resíduos que podem representar uma ameaça à vida selvagem. Os deputados Bruce Westerman, do Arkansas, e Paul Gosar, do Arizona, enviaram uma carta ao secretário do Department of Homeland and Security (DHS), Alejandro Mayorkas, apontando as “consequências ambientais da imigração ilegal”.

O repórter Julio  Rosa, que cobre a área de fronteira para o  jornal Townhall,  também fez um registro dos dejetos humanos, mochilas, produtos médicos, plásticos, e vidros deixados ao longo do caminho. Também chama a atenção a grande quantidade de tecidos.

“Depois de cruzar ilegalmente o Rio Colorado ou o Rio Grande, os imigrantes jogam as roupas molhadas no chão, trocam por roupas secas, e nunca retornam para recolher as vestimentas abandonadas”, escreveu Julio em um artigo, acrescentando.“Dois dos três grupos ambientalistas que processaram o governo Trump para impedir a construção do muro na fronteira sul, não responderam ao Townhall se eles tinham preocupações ambientais sobre as enormes pilhas de lixo criadas pelos milhares de estrangeiros”.

Outro repórter identificado como Bill Melugin, postou um vídeo no Twitter no último dia 10 de novembro com uma imagem panorâmica de uma área coberta de resíduos, e os dizeres. “Temos testemunhado enormes grupos cruzando ilegalmente aqui nos últimos 10 dias. Existem locais destruídos como este em toda a área de Eagle Pass”.