Reservatório de água em Delray Beach estava sem limpar desde 1972

A lei estadual exige a limpeza dos tanques de armazenamento de água a cada cinco anos

0
1102
Relatório de inspeção indicou grandes acúmulos de lodo, sedimentos e outros detritos no tanque de água (foto: WPBTV captura de tela)
Inspeção revelou acúmulo de lodo, sedimentos e outros detritos no tanque de água (foto: WPBTV captura de tela)

Em maio passado, o funcionário da prefeitura de Delray Beach, John Bullard, que atuou nos último 10 anos como gerente da estação de tratamento de água da cidade, pediu demissão do cargo após ser acusado pelo vice-diretor de serviços públicos, Bryan Heller, de “negligência grave” que colocou em risco a saúde pública.

O motivo da acusação foi a falta de supervisão dos tanques de armazenamento de água do município. Em 27 de março, um grupo de moradores de Delray Beach enviou um documento à prefeitura reclamando da qualidade da água potável.

Após isso, Heller relatou que uma investigação descobriu que o tanque de armazenamento norte não era limpo desde 1972. A lei estadual exige a limpeza a cada cinco anos. A investigação também revelou que dois outros reservatórios que abastecem a área sul da cidade também estavam com o prazo de limpeza expirado.

Segundo o relatório da inspeção obtido pelo jornal The Palm Beach Post, foram encontrados “grandes acúmulos de lodo, sedimentos e outros detritos”.

Em 20 de abril deste ano, foi solicitada a demissão imediata de Bullard.

Na época, o então gerente municipal da cidade, George Gretsas, enviou um comunicado à imprensa dizendo que também havia feito descobertas sobre a falta de manutenção nos tanques. Entre outras coisas, ele denunciou quantidades excessivas de cloro e até mal cheiro na água.

Pouco tempo depois, Grestsas foi demitido do cargo por praticar bullying contra os funcionários da prefeitura que atuavam sob sua supervisão. Ele considerou sua demissão uma “retaliação” à denúncia feita sobre a questão da água.

A prefeitura de Delray Beach reagiu dizendo que a qualidade da água no município é segura.

Mas o Florida Department of Health confirmou que uma investigação detalhada sobre o programa de recuperação da água está em andamento em Delray. No final de 2018, autoridades de saúde relataram que a cidade usava água de esgoto parcialmente tratada para enviar para as casas, como água potável. Alguns residentes adoeceram. O estado está investigando se a cidade sabia do acontecido e encobriu o incidente.

Até o momento, a prefeitura de Delray comunicou que os problemas relacionados ao tanque norte já foram reparados. Os dois tanques de armazenamento sul serão limpos em dezembro. Os outros três tanques da cidade estão em conformidade com a exigência de manuntenção de cinco anos.