Responsável por ataque em Las Vegas morou na Flórida entre 2013 e 2015

Stephen Paddock não tinha antecedentes criminais; irmão do atirador vive em Orlando se diz ‘chocado’

0
3130
Mais de 50 pessoas morreram nos ataques FOTO GETTY
Mais de 50 pessoas morreram nos ataques FOTO GETTY

O homem que matou pelo menos 58 e deixou mais de 500 pessoas feridas na noite de domingo (1), depois de atirar do 32º andar de um hotel em Las Vegas, morou em Molbourne (FL), entre 2013 e 2015.

Stephen Paddock, de 64 anos, foi encontrado morto pela polícia no quarto que ocupava, junto com dez armas, incluindo alguns rifles e pistolas automáticas.

Eric Paddock, irmão de Stephen,  mora em Orlando e disse que sua família estava “horrorizada”. “Nós não fazemos a menor ideia”, afirmou Eric Paddock sobre os atos de seu irmão. “Estamos perplexos. Nossas condolências às vítimas” disse com voz trêmula em uma rápida entrevista por telefone.

Mais tarde, Eric Paddock falou a jornalistas em frente à sua casa em Orlando. “Ele nunca sacou sua arma, não faz o menor sentido” disse. Ele contou que seu irmão tinha algumas pistolas, talvez um rifle, “mas nenhuma arma automática”.

Paddock contou que a última vez que esteve em contato com seu irmão foi no mês passado, quando Orlando teve blecautes de energia devido à passagem do furacão Irma.

Pai procurado pelo FBI

O pai de Stephen e Eric era Patrick Benjamin Paddock, um ladrão de bancos que esteve na lista de mais procurados do FBI nos anos 60.

Stephen Paddock não tinha nenhuma passagem pela polícia, a não ser uma infração de trânsito, informou a polícia de Las Vegas.

No início de 2015, Paddock se mudou para uma casa simples de dois andares em um condomínio para aposentados na cidade de Mesquite, a pouco mais de uma hora de carro de Las Vegas.

Erick Paddock, que vive em Orlando, disse estar perplexo com o ocorrido
Erick Paddock, que vive em Orlando, disse estar perplexo com o ocorrido