Rodada ruim para brasileiros na Copa Libertadores da América

0
2432

As equipes brasileiras que vêm cumprindo bonito papel na Copa Libertadores da América não tiveram uma boa rodada no início de maio. Apenas Atlético Mineiro e Flamengo foram bem, enquanto Botafogo, Grêmio, Palmeiras e Atlético Paranaense foram derrotados. A única derrota, no entanto, que parece ter consequências mais sérias é a do Furacão que terá de decidir sua classificação em Santiago diante da Universidad Católica na última rodada da Copa Libertadores da América.

Botafogo menosprezou adversário e se deu mal

Uma vitória sobre o Barcelona de Guayaquil, do Equador, no Engenhão, na terça-feira (2), colocaria o Fogão na próxima fase da Copa Libertadores da América. Para incentivar o Alvinegro carioca, mais de 36 mil torcedores encheram o estádio com a certeza de ver uma boa atuação da equipe que estava invicta na competição. No entanto, com falhas do setor defensivo, a equipe carioca foi derrotada por 2 a 0 (gols de Ayoví e Jonatan Álvez) pelo Barcelona de Guayaquil, no estádio Nilton Santos, e viu o time equatoriano se garantir como o primeiro dos 16 classificados para as oitavas de final. Apesar da decepção, a situação do Botafogo não é desesperadora. O Glorioso depende somente dele para se classificar e pode garantir a passagem para a fase seguinte na próxima partida. A situação no Grupo 1 agora é a seguinte: o Barcelona lidera com 10 pontos e o Botafogo aparece em segundo com sete. No outro jogo da chave, o atual campeão, o Atlético Nacional-COL, goleou o Estudiantes-ARG por 4 a 1 – os dois times aparecem com três pontos. O Botafogo volta a jogar em casa em 18 de maio, contra o Atlético Nacional, e fecha sua participação na fase de grupos contra o Estudiantes, em La Plata, em 25 de maio.

Galo goleia o frágil time boliviano

O Atlético Mineiro não perdoou a fragilidade do Sport Boys e goleou os bolivianos por 5 a 1 (dois gols de Cazares, Rafael Moura, Elias e Otero e Casillo para o Sport Boys), fora de casa, na quarta-feira (3), pelo Grupo 6 da Libertadores. Pensando no título do Campeonato Mineiro e em voltar a vencer o rival Cruzeiro pela primeira vez no ano, o técnico Roger Guedes optou por poupar alguns titulares, como Fred, Robinho e Gabriel. Do outro lado, o Sport Boys amarga a lanterna do grupo e atravessa grave crise financeira e esportiva. O momento fez a torcida boliviana ser discreta e o estádio ficou praticamente vazio, com 2.100 torcedores, enquanto a massa atleticana foi em número considerável e fez barulho mais alto que os anfitriões. Mesmo com time misto, o Atlético não teve dificuldades e matou o jogo nos primeiros minutos das duas etapas. O Sport Boys demonstrou muita fragilidade e os brasileiros não precisaram se esforçar para administrar o jogo. A vitória ampla deixa o Atlético na liderança do grupo 6, empatado em 10 pontos com o Godoy Cruz, mas com a vantagem do saldo de gols. A próxima partida do Galo é no dia 16 de maio, no Independência, contra o Godoy Cruz, enquanto o Sport Boys viaja ao Paraguai para enfrentar o Libertad no mesmo dia.

Grêmio perde a invencibilidade no Chile

O Tricolor gaúcho desperdiçou a chance de se classificar para as oitavas de final ao ser derrotado pelo Deportes Iquique no Estádio Zorros del Desierto, no deserto de Calama, na quarta-feira (3) por 2 a 1. Após ter aberto o placar com Lucas Barrios, o Grêmio sofreu a virada com gols de Bielkiewecz, cobrando um pênalti duvidoso, e Diego Torres batendo falta. Apesar da derrota, a equipe de Porto Alegre continua na liderança do Grupo 8 com 10 pontos, seguido de perto pelo próprio Deportes Iquique, com 9 pontos, e deve confirmar a classificação na Arena Grêmio no dia 25 de maio contra o fraco Zamora, única equipe da competição que ainda não pontuou. Frise-se, porém, que a coluna foi escrita antes do jogo entre o próprio Zamora contra o Guaraní do Paraguai, que ainda tem chances de classificação por ter 7 pontos antes da partida contra a equipe venezuelana.

Rubro-Negro vai bem

Cerca de 60 mil torcedores empurraram o Flamengo para uma importante vitória no Maracanã sobre a Universidad Católica por 3 a 1, com gols de Rodinei, Paolo Guerrero e Trauco, e de Santiago Silva para os chilenos no difícil Grupo 4. Depois de um empate em 0 a 0 no primeiro tempo apesar da pressão da equipe carioca, o Mais Querido voltou ainda com mais força na segunda etapa, quando saíram os gols. O placar apertado não diz o que foi o jogo decisivo, válido pela quinta rodada da fase de grupos da Libertadores. O Flamengo criou muito mais. Guerrero, só no primeiro tempo, foi responsável por nove finalizações. Só ele chutou a gol. No segundo, foi premiado com o segundo gol rubro-negro. Com a vitória, o Flamengo chega a nove pontos no grupo 4 e se mantém na liderança. Para se classificar ao mata-mata sem depender de outro resultado, o time comandado pelo técnico Zé Ricardo precisa empatar com o San Lorenzo na última rodada, no dia 17 de maio, no estádio Nuevo Gasómetro, na Argentina. Antes disto, decidirá o Campeonato Carioca com o Fluminense no domingo, dia 7, jogando por um simples empate para conquistar mais um título regional.

Rubro-Negro vai mal

Atlético-PR perdeu para o San Lorenzo por 3 a 0 na Arena da Baixada e se complicou no Grupo 4 da Libertadores. O lateral-direito Paulo Díaz, o atacante Blandi e o meia Botta marcaram os gols na noite de quarta-feira (3). O jogo teve público de 25.387 presentes, sendo 22.786 pagantes, com renda de R$ 476.905,00. Agora, o Furacão terá de vencer sua partida na última rodada do Grupo 4, marcada para o próximo dia 17. O Atlético-PR visita a Universidad Católica no Estádio San Carlos de Apoquindo, na região metropolitana de Santiago. E o San Lorenzo recebe o Flamengo no Nuevo Gasómetro, em Buenos Aires. Antes, o Furacão decide o Campeonato Paranaense contra o rival Coritiba. A partida está marcada para o domingo, no Couto Pereira. No jogo de ida, derrota por 3 a 0 em casa. O Rubro-Negro, portanto, precisa vencer por três ou mais gols. Ou seja, o Furacão terá missões difíceis pela frente.

Palmeiras é derrotado na Bolívia

O Verdão perdeu sua invencibilidade em Cochabamba ao ser derrotado pelo Jorge Wilstermann por 3 a 2 (gols de Morales, Machado e Cardozo, e de Guerra e Cabezas contra) na quarta-feira (3). Novamente, o Palmeiras não fez uma boa partida na competição, apesar de estar praticamente classificado. Claro que a altitude de Cochabamba, o gramado ruim e atuações fracas de alguns jogadores como Vitor Hugo e Jean nesta partida prejudicaram, porém, o time precisa acertar-se rapidamente se quiser voltar a conquistar o Brasileirão e aprópria Libertadores. A decisão do Grupo 5 ficou para a última rodada, todavia, a situação do Verdão é bem confortável, pois precisa de apenas um empate para se classificar. Na verdade, pode até mesmo perder por um gol de diferença que mesmo assim irá para as oitavas de final.

Cruzeiro bate Chapecoense pela Copa do Brasil

A Chapecoense é o time brasileiro mais ameaçado de não passar pela fase de grupos, pois está em terceiro lugar com apenas 4 pontos, ao lado do Zulia, enquanto Lanús lidera com 7 pontos, juntamente com o Nacional do Uruguai. Parece que o jeito é o Verdão do Oeste tentar ganhar o Campeonato Catarinense, pois receberá o Avaí no Estádio Heriberto Hulse no domingo (7). O time do interior tem uma boa vantagem, pois derrotou a equipe de Florianópolis por 1 a 0. Na Copa do Brasil, outro mau resultado. A Chapecoense foi derrotada pelo Cruzeiro no Mineirão na quarta-feira (3) por 1 a 0, gol de Raniel, na primeira partida do mata-mata da Copa do Brasil. A partida não foi boa, até porque os times estão mais preocupados com as decisões estaduais. Assim como o adversário, a Raposa está concentrada na final do Campeonato Mineiro contra o arquirrival Atlético-MG. na primeira partida, disputada no Mineirão, houve empate em 0 a 0 e no domingo (7) o jogo será no Estádio Independência, onde o Galo costuma ser soberano.

Ceará fatura mais um título regional

Na segunda partida da decisão do Campeonato Cearense, o Ceará venceu o Ferroviário e conquistou o 44º título na competição, abrindo três de vantagem para o Fortaleza. O triunfo foi por 2 a 0, gols de Walace Pernambucano e Raul. O Vozão agora volta a campo na estreia da série B, no dia 12 de maio, contra o CRB no Rei Pelé, em Alagoas.

Sport Club do Recife vai à final da Copa do Nordeste

A promessa era de um clássico tenso no Arruda. Expectativa que se concretizou na noite de quarta-feira (3), em Recife. Dentro e fora de campo. Nas quatro linhas, o Sport derrotou o Santa Cruz por 2 a 0, placar que precisava para avançar à final contra o Bahia após te sido derrotado por 2 a 1 na Ilha. Fora de campo, teve confusão entre torcedores do Santinha e a Polícia Militar – e ação policial exagerada. Dentro de campo muita confusão, com expulsões de Rithely do Sport e de Elicarlos, Wellington Cézar e Vítor, do Santa, e confusão nas arquibancadas. Sem critério, policiais usaram spray de pimenta contra torcedores do Santa e alguns precisaram ser atendidos. Sport e Bahia se enfrentarão nos próximos dias 17 e 24 (duas quartas-feiras), com o jogo de ida na Ilha do Retiro e a partida de volta na Arena Fonte Nova.