Saiba como tratar sua piscina no verão

A temperatura esquenta e, claro, aumenta o uso da piscina que precisa de cuidados especiais para ficar limpa

0
2787
Com cuidados profissionais, é fácil manter a piscina limpa
Com cuidados profissionais, é fácil manter a piscina limpa

Da Redação – O verão está batendo na porta e manter a piscina limpa e cristalina nesta época do ano é mais dificil, já que as pessoas frequentam mais, o calor facilita a evaporação e as chuvas podem afetar o ph da água  e os componentes químicos, como o cloro e o bicarbonato.

O acumulo de resíduos como areia, cabelos, protetores, bronzeadores e folhas na água da piscina, além da falta de higiene, podem resultar em micoses ou doenças. Por isso, a limpeza acaba se tornando indispensável para um bom banho. Mas, a higienização adequada precisa ser feita de maneira correta.

O técnico de piscinas especializado em manutenção e reparos, Aender Sampaio, explica que se os químicos não estiverem controlados na proporção correta, a piscina pode ficar esverdeada. “A piscina fica verde devido ao aparecimento de algas, impossibilitando o uso. Por isso é importante saber a dosagem certa dos produtos colocados”, disse.

Para o especialista, o sistema de sal é melhor para a saúde, pois não resseca a pele quando comparado com o tratamento de cloro. “No que diz respeito à manutenção, o gasto com cloro acaba sendo maior, pois temos dias quentes a maioria do ano, porém os gastos variam de acordo com a época do ano, intensidade de uso, chuvas”, explica Aender.

Ele afirma que a manutenção das piscinas deve ser feita semanalmente. “Temos que escovar as paredes, passar o aspirador, retirar toda a sujeira que se acumula na superfície e medir os químicos, ajustando-os quando necessário. O filtro deve ser lavado uma vez por mês. Seguindo esses passos a piscina sempre se conservará limpa, podendo ser utilizada a qualquer momento e sem danos à saúde”. E fica o alerta: “muitas pessoas pensam que podem economizar fazendo a limpeza da sua própria piscina, mas somente um técnico especializado poderá manter o controle dos químicos, pois se os mesmos não estiverem ajustados corre-se o risco das piscinas apresentarem manchas e se deteriorarem mais rapidamente”.