Sean Spicer, porta-voz da Casa Branca, renuncia ao cargo

Segundo CNN, Spicer não teria concordado com a contratação do novo chefe da comunicação da Casa Branca

0
2042
O porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, pediu demissão do cargo
O porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, pediu demissão do cargo

O porta-voz da Casa Branca, Sean Spicer, renunciou nesta sexta-feira (21). Spicer deixa a administração de Donald Trump após apenas seis meses no cargo.

Segundo a CNN, Spicer renunciou depois que Trump nomeou Anthony Scaramucci, um financiador da campanha eleitoral republicana e amigo de longa data do presidente, como novo diretor de comunicação da Casa Branca.

Spicer renuncia junto com outros altos funcionários da Casa Branca que se opunham à decisão de Trump. Ele ficou conhecido por suas gafes. Uma das mais famosas ocorreu em abril, quando, na tentativa de destacar a brutalidade do ditador sírio, Bashar al-Assad, ele afirmou que “nem mesmo Hitler” utilizou armas químicas, apesar dos nazistas terem matado milhões de pessoas com gás durante o Holocausto.

Após duras críticas, Spicer pediu desculpas, dizendo que ele “cometeu um erro” e “estragou tudo”. Essa foi apenas uma das séries de gafes em sua curta carreira como porta-voz Trump.

Spicer já trabalhou como diretor de comunicação do Comitê Nacional Republicano. Entretanto, ele não apoiou Trump no começo das eleições primárias republicanas.