SeaWorld diz que queda no número de turistas brasileiros prejudicou parque

O lucro gerado pelo SeaWorld também caiu, indo de $390 milhões em 2015 para $371 milhões neste ano

0
5799
Fachada do parque de diversões SeaWorld em Orlando
Fachada do parque de diversões SeaWorld em Orlando

Uma das atrações mais concorridas de Orlando, o parque SeaWorld, que mistura montanhas-russas e atrações de vida marinha, como baleias orca, não vive seus melhores dias. O parque teve uma queda no numero de visitantes, da ordem de 7,6%, segundo balanço apresentado à imprensa na semana passada. O lucro gerado pelo SeaWorld também caiu, indo de $390 milhões em 2015 para $371 milhões neste ano.

Dentre as razões usadas pelo parque para explicar a investidores e acionistas os maus números está a queda no número de brasileiros que o visitam. Segundo o parque, em declaração ao jornal “Orlando Sentinel”, visitantes vindos da América Latina (com destaque para o Brasil que, o jornal explica, atravessa “período de turbulência politica e econômica”) encolheram em 127 mil pessoas, um declínio de 40% no mercado latino-americano.

“Mesmo que [visitantes brasileiros] não representem uma parcela extremamente significante da nossa venda de ingressos, eles gastam consideravelmente e tendem a passar períodos longos na cidade, e isso pode ser impactante para Orlando”, disse o presidente da associação turística Visit Orlando, George Aguel.