Seleção Brasileira de Futebol com sabor local

0
459
Neymar, novamente companheiro de clube de Messi, foi um dos astros da partida entre Brasil e Chile pelas Eliminatórias da Copa do Mundo (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)
Neymar, novamente companheiro de clube de Messi, foi um dos astros da partida entre Brasil e Chile pelas Eliminatórias da Copa do Mundo (Foto: Lucas Figueiredo/CBF)

A intransigência da Premier League, coordenadora da Liga inglesa, que proibiu a liberação dos jogadores sul-americanos que atuam lá, possibilitou a convocação da vários jogadores que atuam em clubes brasileiros. 

Sendo assim, a Comissão Técnica convocou outros atletas para substituir aqueles proibidos pelos clubes ingleses, apesar de ser Data FIFA. A alegação dos dirigentes do futebol inglês é a de que a pandemia da covid-19 está no mundo todo e algum dos atletas poderia se contaminar com o vírus e, desta forma, levar a doença para sues companheiros de clubes.

Dessa forma, os novos convocados são estes: Goleiros -Everson (Atlético-MG) e Santos (Athletico), Zagueiro: Miranda (São Paulo), Meiocampistas: Edenílson (Internacional), Gerson (Olympique de Marselha/FRA) e Matheus Nunes (Sporting /POR), Atacantes: Hulk  (Atlético-MG), Vini Jr (Real Madrid/ESP) e Malcom* (Zenit /RUS). *Malcom deixou a concentração, juntamente com Claudinho, a pedido da direção do Zenit da Rússia.

O cumprimento dos três compromissos nesta janela da Data FIFA – jogos contra Chile, Argentina e Peru – encerrará o primeiro turno das Eliminatórias para Copa do Mundo. Até agora a campanha tem sido impecável, com seis vitórias em seis jogos e aproveitamento de 100%. Em consequência disto, o Brasil lidera a classificação com 18 pontos ganhos, seguido pela Argentina (12), Equador (9), Uruguai e Colômbia (8). Se terminasse assim, Brasil, Argentina, Equador e Uruguai estariam classificados, enquanto a Colômbia teria de disputar a Repescagem. Obviamente, os demais estariam desclassificados.

Tite fala sobre orgulho de ser convocado

Tite exaltou os novos convocados e enfatizou a alaegria dos veteranos Dani Alves e Miranda (Foto: beIn Sports)
Tite exaltou os novos convocados e enfatizou a alegria dos veteranos Dani Alves e Miranda (Foto: beIn Sports)

A Seleção Brasileira embarcou para o Chile, nesta quarta-feira (1), para a primeira partida da Data FIFA de setembro das Eliminatórias da Copa do Mundo Catar 2022. Antes do embarque, o técnico Tite participou de uma coletiva de imprensa, comentou sobre o elenco repleto de estreantes e como o sentimento de vestir a Amarelinha contagia dos mais novos aos veteranos do futebol.

“O atleta se sente orgulhoso de estar na Seleção Brasileira. Isso está nas entrelinhas, no comportamento, desde o mais jovem até o mais experiente. Quando a gente vê o Dani (Alves) e o Miranda, a felicidade deles e o comprometimento que eles têm no trabalho, na participação, no dia a dia, no contato e naquilo que está fora das câmeras. A gente vê no atleta jovem o quão de sentimento ele tem de vir para cá. E a nós compete proporcionar que eles façam funções que realizam nos clubes deles, porque isso gera tranquilidade e confiança”, declarou o treinador.

Nesta Data FIFA, Tite convocou alguns jogadores que terão a primeira oportunidade de defender a Seleção Brasileira, como Everson, Lucas Veríssimo e Edenílson. Questionado sobre a disputa sadia por posição dentro da equipe titular, o treinador destacou seu leque de observações e como os atletas devem aproveitar a oportunidade.

“Temos um grupo de 40 a 50 atletas que sempre monitoramos. Porque são atletas de alto nível, com qualidade técnica, com know-how e com um passado dentro da seleção e ou dentro de seus clubes. Isso os torna suficientemente habilitados de alto nível para vir à Seleção e apresentar o seu melhor futebol. Nós fomentamos competição leal e um melhor desempenho”, comentou.

Sobre os trabalhos que estão sendo realizados em cima das Eliminatórias da Copa do Mundo, Tite ressaltou a importância de um setor de criação mais efetivo, destacando essa zona como uma prioridade. Na linha de trás, o comandante admirou a solidez defensiva, mas não descartou a possibilidade de utilizar três zagueiros.

“O que estamos buscando é um processo criativo maior, mais meio-campistas criativos. Nossa construção por vezes é muito vertical. Se a seleção estivesse com uma situação defensiva complicada, seria uma possibilidade. Mas a prioridade é a construção ofensiva. Três zagueiros, podemos sim ter essa possibilidade, não a descarto. Mas um dos fatores que temos é a solidez defensiva. E você modificar isso, numa coisa que vem te dando resultado”, disse o técnico.

Nesta quinta-feira (2), o Brasil enfrentou o Chile, no Estádio Nacional de Santiago. Depois, no domingo (5), o Brasil recebe a Argentina na Neo Química Arena, em São Paulo. A Seleção Brasileira fecha a Data FIFA contra o Peru, na quinta-feira (9), na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE).

Mercado do futebol brasileiro foi bem movimentado

Diego Costa foi uma das principais contratações do Galo
Diego Costa foi uma das principais contratações do Galo

Vários clubes brasileiros abriram suas carteiras para reforçar as equipes nesta reta final do Campeonato Brasileiro e de competições importantes como Copa do Brasil, Taça Libertadores da América e Copa Sul-Americana.

Aqui estão os principais destaques das contratações efetuadas pelos clubes da Série A:
América-MG
Mauro Zárate – atacante (Boca Juniors/Argentina)  Orlando Berrío – atacante (Al-Khor/Emirados Árabes Unidos) 
Athletico
Lucas Fasson – zagueiro (La Serena/Chile) Pedro Rocha – atacante (Spartak Moscou/Rússia) Nicolás Hernández – zagueiro (Atlético Nacional/Colômbia)
Atlético-MG
Diego Costa – atacante (Sem clube)
Atlético-GO
Pedro Henrique – zagueiro (Vitória SC) Brian Montenegro – atacante (Olimpia/Paraguai)
Bahia
Luizão – volante (Vorskla Poltava/Polônia) Hugo Rodallega – atacante (Sem clube)  Lucas Mugni – meia (Sport Club do Recife)
Bragantino
Emiliano Martínez – meia (Nacional/URU)
Ceará
Erick – atacante (Braga/Portugal) 
Corinthians
Renato Augusto – meia (Beijing Guoan/China) Giuliano – meia (Shandon Taishan/China) Roger Guedes – atacante (Shandon Taishan/China) Willian – atacante (Arsena/Inglaterra)
Cuiabá
Yesus Cabrera – meia (América/Colômbia) Alan Empereur – zagueiro (Hellas Verona)
Fortaleza
Ángelo Henríquez – atacante (Deportivo Cali/Colômbia) 
Flamengo
Andreas Pereira – meia (Manchester United/Inglaterra) Kenedy – atacante (Chelsea/Inglaterra)
Fluminense
Jhon Arias – meia (Independiente Santa Fe/Colômbia)
Grêmio
Jaminton Campaz – meia (Deportes Tolima/Colômbia) Mathías Villasanti – meia (Cerro Porteño/Paraguai) Borja – atacante (Junior Barranquilla / empréstimo do Palmeiras)
Vasco
Jhon Sânchez – atacante (Independiente/Colômbia)
Internacional
Kaique Rocha – zagueiro (Sampdoria/Itália) Gustavo Maia – atacante (Barcelona B/Espanha) Gabriel Mercado – zagueiro (Al Rayyan/Catar) 
Palmeiras
Jorge – lateral-esquerdo (Monaco)  Joaquín Piquerez – lateral-direito (Peñarol)  Matheus Fernandes – volante (Barcelona) 
Santos
Emiliano Velázquez – zagueiro (Rayo Vallecano/Espanha) Jandrei – goleiro (Genoa/Itália) Leo Baptistão – atacante (Wuhan FC/China) Matías Lacava – atacante (Puerto Cabello/Venezuela)
São Paulo
Jonathan Calleri – atacante (Deportivo Maldonado/Uruguai) Gabriel Neves – volante (Nacional/Uruguai)

Brasileirão tem tabela alternativa

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou o adiamento das partidas envolvendo cinco clubes que cederam vários jogadores para as seleções sul-americanas: Flamengo, Atlético-MG, Palmeiras, São Paulo e Internacional. Os jogos envolvendo outras equipes serão realizados normalmente, enquanto as partidas adiadas serão remarcadas para outras datas.

No encerramento da 18ª rodada, uma antes do final do primeiro turno do Brasileirão, a situação no campeonato tem o Galo na liderança, quatro pontos à frente do Verdão, que ocupa a segunda colocação. Segundo o matemático Tristão Garcia, o Atlético-MG tem 54% de possibilidades de ficar com o título do Brasileirão, seguido pelo Flamengo, com 14%.

Além do Atlético-MG e do Flamengo, Palmeiras, Fortaleza, Bragantino e Corinthians alimentam chances de título. O Verdão tem 13%, o Tricolor de Aço tem 12%, o clube de Bragança tem 3%, enquanto o Timão aparece com 1%.

No lado de baixo da tabela, a Chapecoense está praticamente condenada, com 96.6% de probabilidade de rebaixamento, seguida pelo Sport, com 58.2% e Grêmio, com 48.2%.