Seleção Brasileira mostrou personalidade

0
1727

No final de março a Seleção Brasileira fez dois amistosos para testar sua força e também serviu para Tite avaliar alguns jogadores que ainda brigam por uma vaga entre os 23 selecionados que terão a espinhosa missão de defender o legado da seleção mais vitoriosa do futebol mundial.

O saldo foi positivo. A equipe derrotou a Rússia em Moscou por 3 a 0 (gols de Miranda, Philippe Coutinho e Paulinho) e mostrou ser uma equipe consistente com variado repertório de jogadas e criatividfade, sobretudo quando a bola caía nos pés de Coutinho e de Williams. Claro que o adversário é muito fraco e somente poderá sair da fase de grupos por ser o país sede e contar com alguma boa vontade por parte dos homens do apito. Principalmente por estarem sob o escrutínio de Vladimir Putin, o novo czar russo.

O grande teste, porém, foi enfrentar a Alemanha em Berlim. Ainda sob o cataclisma do fatídico 7 x 1 pespegado pela Alemanha na semifinal da Copa do Mundo de 2014 no Mineirão, Tite montou a equipe de maneira mais cautelosa, sacando o meia-atacante Dolglas Costa e colocando o segundo volante Fernandinho. O meio campo, portanto, ficou mais protegido e impediu que os jogadores alemães criassem muitas oportunidades de conclusão. Em contrapartida, o time de Tite sempre respopndia com estocadas perigosas e, em uma delas, o centroavante Gabriel Jesus fez o gol da vitória com uma boa colaboração do goleiro adversário Trapp. Vale destacar que tuido isto foi obtido sem a participaçào de Neymar, a principal estrela da companhia!

Brasil desfez o grupo que somente voltará a se reunir na convocação definitiva para a Copa do Mundo com a certeza de estar no caminho certo. Tite tem apenas poucoas dúvidas para fechar o elenco que seguirá para a Rússia levando junto a esperança do hexacampeonato. Algo bem diferente está vivendo a Seleção Argentina, que derrotou a Itália e foi goleada por 6 a 1 pela Espanha. Os hermanos voltam a enfrentar uma crise às vésperas da estreia na Copa. Nem mesmo a ausência de Messi nestes amistosos serve de desculpa para o mau futebol apresentado em Madri.

Definida final do Paulistão

Corinthians x Palmeiras, um dos clássicos de maior rivalidade do futebol brasileiro será atração em dois finais de semana, começando no sábado (31) na Arena Corinthians. Por ter pior campanha, o Alvinegro receberá o adversário na primeira partida da final. Depois, no domingo seguinte (8), será avez do Timão ir ao Allianz Parque enfrentar o Verdão – apontado pelos especialistas como favorito à conquista do título de campeão paulista – façanha que a equipe de Parque Antarctica não consegue desde 2008, quando bateu a Ponte Preta. Por incrível que pareça, esta será primeira decisão estadual entre estes arquirrivais neste século. A última vez que se enfrentaram numa decisão foi em 1999 com o Alvinegro levando a melhor. Antes, porém, em 1993, o Palmeiras derrotou o adversário e conquistou o título que quebrou o jejum de 17 anos sem ser campeão. Poprtanto, ingredientes não faltam para esta decisão que reúne exatamente as equipes com as duas melhores campanhas, Palmeiras e Corinthians, que eliminaram respectivamente Santos e São Paulo nas decisões por pênaltis.

Galo x Raposa em Minas Gerais

O Campeonato Mineiro será decidido nos dois próximos domingos (1 e 8 de abril), com vantage para o Cruzeiro, detentor da melhor campanha e ainda invicto no estadual. O primeiro jogo terá mando do Atlético-MG e será disputado no Estádio Independência (Caiu no Horto está morto?), enquanto o jogo final está marcado para o Estádio Magalhães Pinto, o famoso Mineirão. Ao contrário do rival, o Galo fez um campeonato irregular, entretanto, cresceu nos matas matas e chega com moral para tentar derrotar o invicto Cruzeiro e levar a taça para a galeria de troféus do clube sediado no bairro de Lourdes. O time da Toca da Raposa tem um desfalque sério, porque o centrovante Fred teve uma lesão séria e deve perder toda a temporada 2018.

Grêmio e Brasil de Pelotas decidem o Gauchão

Após um início preocupante, no qual esteve até mesmo ameaçado de ser rebaixado para a segunda divisão estadual, o Tricolor dos Pampas reagiu e chegou à final do Campeonato Gaúcho, eliminando até mesmo o arquirrival Internacional. Agora, pode quebrar o tabu de não ser campeão gaúcho desde 2010. Terá, no entanto, de passar pelo Grêmio Brasil de Pelotas que está com o grito de Campeão entalado na garganta há quase um século. Seu último (e único) título foi conquistado em 1919! Tem ainda a vantage de decidir o Campeonato Gaúcho em casa, no dia 8 de abril. Neste domingo (1), a primeira partida será jogada na Arena Grêmio.

Bota surpreende Fla e vai à final

Pois é, deu o resultado que pouca gente acreditava: Botafogo de Futebol e Regatas derrotou o Clube de Regatas Flamengo por 1 a 0, gol de Luiz Fernando na primeira etapa e carimbou o passaporte para as finais do Campeonato Carioca de 2018. A equipe dirigida por Alberto Valentim surpreendeu o favorito Rubro-Negro que precisava apenas de um empate para disputer o título do Cariocão. Analistas e torcedores têm criticado as escolhas do técnico Paulo Cesar Carpegiani que teria armado o time da Gávea de maneira pouco competitiva. O adverrsário do Glorioso foi decidido na quinta-feira (29) entre Vasco da Gama e Fluminense – favorito para ir à decisão. Infelizmente, o jogo ocorreu depois do fechamento desta edição do AcheiUSA.

Ba-Vi nas finais

Como era de se esperar, Bahia e Vitória decidirão mais um Campeonato Baiano, com jogos nos dois próximos domingos (1 e 8 de abril). A disputa será renhida, mas o Rubro-Negro baiano tem a vantagem de receber o Tricolor de Aço no Barradão no jogo final, além de ter o artilheiro do certame, Neilton, com sete gols.

Central x Náutico decidem o Pernambucano

Central de Caruaru e Clube Náutico Capirabibe são os protagonistas da decisão em Pernambuco. É uma decisão inedita. O time do interior nunca foi campeão estadual enquanto o Alvi-Rubro não conquista um título pernambucano de 2004. O primeiro jogo será disputado em Caruaru no domingo de Páscoa e o segundo será no Recife, na Arena Pernambuco. Muita festa para o campeão, seja lá quem for.

Finais do Campeonato Goiano

Goiás e Aparecidense decidirão quem será o próximo campeão goiano. Associação Atlética Aparecidense é um clube bem novo. Fundado em 1985, profissionalizou-se em 1992 e já foi vice-campeão estadual em 2015. Este ano o time de Aparecida de Goiânia tentará conquistar seu primeiro título como profissional. A tarefa, porém, não é fácil, pois terá pela frente o Goiás – maior vencedor de estaduais em Goiás, com 27 títulos. Decisão em dois jogos, com primeiro jogo em Aparecida de Goiânia (1) e o segundo no Serra Dourada em Goiânia, no dia 8 de abril.

Coxa x Furacão fazem finais no Paraná

Os dois clubes mais populares do Paraná estão nas finais do Campeonato Paranaense e decidirão mais uma vez a competição estadual. O Atlético-PR tenta seu 24º título enquanto o Coritiba está em busca de 39ª conquista estadual. Primeira partida está marcada para este domingo (1) no Esdtádio Couto Pereira e a segunda para o outro domingo (8) na Arena da Baixada.

Super rivalidade no Pará

Os arquirrivais Clube do Remo e Paysandu se enfrentarão nos próximos domingos (1e 8 de abril) para saber quem será o campeão paraense de 2018. E não é uma decisão qualquer não. Se vencer a decisão, o Paysandu será campeão paraense pela 48ª vez. Caso o vencedor seja o Remo, poderá comemorar sua 45ª conquista. Ou seja, os dois clubes imperam no futebol do norte do país e dào poucas chances aos demais adversários.