Serial killer condenado por matar 10 mulheres na Flórida é executado com injeção letal

Bobby Joe Long, de 65 anos, foi pronunciado morto às 6:55pm; ele aterrorizou a área de Tampa Bay no início da década de 80

0
5469
Robert Joseph Long foi executado no dia 23 de maio na FL
Robert Joseph Long foi executado no dia 23 de maio na FL

O serial killer Bobby Joe Long, de 65 anos, que aterrorizou mulheres da área de Tampa Bay em 1984 teve a sentença de pena de morte cumprida na quinta-feira (23).  Long recebeu uma injeção letal e foi declarado morto às 6:55pm na Florida State Prison. Ele não disse nada, apenas fechou os olhos.

Em 1984, pelo menos dez mulheres foram encontradas estupradas e mortas na região de Tampa (FL).
A maioria das vítimas foi estrangulada, algumas tiveram suas gargantas cortadas e outros foram espancadas.

A polícia não tinha pistas sobre o assassino até que Lisa Noland sobreviveu ao ataque de Long. Ela assistiu à execução de Long na primeira fila.

Segundo documentos policiais, Lisa foi sequestrada pelo serial killer quando saía de uma igreja naquele ano. Ele a estuprou e ela conseguiu escapar, ajudando a polícia a encontrá-lo.

Long confessou seus crimes, foi condenado a 28 anos de prisão e à pena de morte no julgamento pela morte de Michelle Simms, de 22 anos.

“Eu quis assistir à execução para olhar dentro do olho dele. Eu queria ser a primeira pessoa a ser vista por ele. Infelizmente, ele não abriu os olhos”, comentou Lisa Noland.

A execução de Long foi autorizada pelo governador Ron DeSantis em abril.