Sofia está internada em estado grave em Miami

0
1456

Criança, que se recupera de transplante multivisceral, está com o vírus comum em pacientes transplantados

DIVULGAÇÃO
Sofia está internada em estado grave em Miami

O AcheiUSA tem acompanhado de perto a luta da pequena Sofia que passou por um transplante multivisceral em Miami e sua luta para ter uma vida normal. A pequena, de um ano e oito meses, foi internada na UTI do Jackson Memorial Hospital, na Flórida (EUA), se contaminou com o virus CMV (citomegalovírus) e seu estado é grave.

“Sofia continua na UTI,entubada e sedada, não sabemos até quando ficará entubada. Ela teve uma leve melhora, mas não o suficiente para a retirada do tubo. Ela fez vários procedimentos como endoscopia no intestino e a fototerapia. Nossa menina é forte, vai continuar sendo, nós estamos esperando os resultados do vírus e de alguns outro exames”, disse a mãe de Sofia, Patrícia Lacerda nas redes sociais.

O médico brasileiro responsável pelo transplante, Rodrigo Vianna, informou ao portal UOL que o vírus é da mesma família do herpesvírus, que causa catapora e vários tipos de herpes. “Em pacientes com imunidade baixa, como o caso da Sofia, o vírus tem efeito potencialmente letal”, disse o médico.

Ele disse ainda que todos os órgãos transplantados por Sofia estão em perfeito estado, mas que o caso dela preocupa porque o vírus também se alojou no pulmão, causando uma pneumonia resistente. “Os remédios que inibem a rejeição foram retirados e dois antivirais estão sendo ministrados. Mas não há muito o que fazer. Ela tem que lutar e conseguir eliminar o vírus”, disse.

O médico ainda ressaltou que Sofia é “muito querida” por toda a equipe. “Minha relação com a família é pessoal, tenho um carinho enorme pela Sofia. Fizemos tudo o que podia ser feito, e continuaremos fazendo. Mas a situação é grave”, afirmou Vianna.

A mãe da pequena pede que todos mantenham o pensamento positive e as orações. “Peço que orem não só pela a destruição do vírus,mas também por sua cura total,de toda e qualquer enfermidade, vamos intensificar as nossas orações para que mais uma vez vejamos o poder de Deus não vida dela. Vamos sempre mentalizar ela bem, sempre com pensamentos positives”, disse.